Rede de franquia brasileira aposta em bom momento da economia paraguaia para expandir suas operações

Publicado em 24/08/2018 por Imprensa

Corrente de comércio entre os dois países cresceu 5,7% no primeiro semestre deste ano com relação ao mesmo período de 2017

A Confederação Nacional da Indústria divulgou semana passada a intenção de ampliar a agenda bilateral entre Brasil e Paraguai. De olho nesse cenário, a The Shaky, franquia que vende milk shake personalizado, prepara a inauguração da segunda unidade no país vizinho.

A empresa, que foi fundada pela advogada Camila Felix, em Lins, no interior de São Paulo, já atua em Assunção e inicia, no dia 24 de agosto, sua nova operação em Pedro Juan Caballero.

Números da embaixada brasileira em Assunção mostram que cerca de 445 empresários brasileiros buscaram instruções de como abrir uma empresa no país em 2017, crescimento de 64% com relação ao ano anterior. No primeiro semestre de 2018, a corrente de comércio entre os dois países foi de US$2,2 bilhões, 5,7% maior que o mesmo período no ano passado. 

“Buscamos o Paraguai por questões estratégicas. Com essas alianças governamentais o momento é bom para o empresário brasileiro lá”, diz a fundadora da marca.

Segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), já são 129 redes brasileiras que expandiram suas operações para o exterior.

“Para atravessar a fronteira no mundo dos negócios precisamos estudar os pontos em que estaremos presentes. A concorrência, o mercado, entre outras coisas. O franqueado de outro país deve ser alguém de confiança, pois, na maioria dos casos, as franqueadoras monitoram as operações de longe”, conta Camila.

Agora com a segunda unidade fora do Brasil a rede passa a ter duas operações internacionais e mais 11 no Brasil. No ano passado, a empresa faturou R$3 milhões.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias de sorveterias , The Shaky