Rede cria o primeiro Hub Urbano de alimentação saudável no Brasil

Publicado em 10/12/2019 por Imprensa

Com o intuito de transformar hábitos e diante de um mercado que movimenta bilhões, Boali lança modelos de negócios para se aproximar do consumidor

Empenhada em universalizar o acesso a alimentação saudável e de olho nesse mercado que movimenta US$ 35 bilhões por ano - segundo pesquisa realizada pela agência Euromonitor- a Boali lança o primeiro Hub Urbano do Food Service brasileiro, implantando ideias e práticas que vão interligar e conectar pessoas com o universo da alimentação saudável, através da evolução dos PDV’s. O objetivo é estar presente em diferentes pontos de contato com o cliente, para que ele possa consumir os produtos sem que este precise ir, necessariamente, a uma unidade. “A ideia é fortalecer o consumo da alimentação nutritiva em qualquer situação do dia a dia. O que temos hoje no food service não atende satisfatoriamente o público, que está em constante transformação e almeja cada vez mais por agilidade, praticidade e relacionamento com a marca. Novas tecnologias, combinadas com novos modelos de negócios, podem criar ecossistemas alimentares urbanos mais resilientes para as próximas décadas”, destaca o CEO da rede, Rodrigo Barros.

A Boali criou três novos pontos de vendas para os consumidores: Omnibox, Micro Market e Boali Móvel que, em conjunto com outras soluções que já estão sendo implantadas, fazem com que a rede seja a primeira no Brasil a criar um Hub Urbano de alimentação nutritiva. “Todas as soluções estão ligadas a conectividade e tecnologia, plataformas cada vez mais poderosas e que fazem parte do dia a dia dos consumidores”, completa Barros. 

Ideal para ser instalado em vários tipos de ambientes como empresas, hospitais, academias, entre outros, a Omnibox é um dispenser autônomo em formato de geladeira, que pode servir ao mesmo tempo produtos secos e resfriados, próprios para o consumo imediato. Evolução das vending machines, este modelo proporciona maior autonomia aos clientes, que, por meio de um aplicativo instalado no celular e a leitura do QRcode da geladeira, são capazes de ter acesso a todo o estoque. É também pelo celular e a leitura do código de barras que o pagamento é realizado. Todo funcionamento é bem simples e está diretamente ligado à hiperconveniência. A primeira unidade será implantada em breve na região da Avenida Paulista.

Já a Boali Móvel é um carrinho adaptado para servir produtos refrigerados e secos, que por sua mobilidade trará mais flexibilidade para o franqueado atuar em áreas menores próximas ao ponto de venda, como por exemplo, áreas administrativas dos shoppings, praças, parques, pequenos malls, faculdades, escolas e também em eventos. O novo modelo de negócios é um ‘braço’ de vendas a mais da unidade que levará a estes locais, opções práticas e nutritivas para um lanchinho rápido, como snacks, sucos e wraps. As primeiras unidades já estão sendo negociadas com empresas na região de Osasco e na Zona Norte de São Paulo.

Outra novidade, o Micro Market Boali funciona como uma mini loja de conveniência e trabalha o conceito de Honest Market, ou seja, baseado na confiança, o consumidor fica livre para escolher o produto sozinho e pagar por ele. Este novo canal de distribuição dos produtos da rede é uma solução inovadora e perfeita para ambientes corporativos de circulação controlada. A gama de produtos oferecidos é bem grande e inclui desde saladas, wraps, sanduiches e até sorvetes, snacks e bebidas frias, entre outros. O funcionamento é bem prático e também utiliza a tecnologia de autopagamento. A primeira unidade deste modelo foi implantada dentro de um prédio de escritórios, localizado no bairro da Campos Elíseos, Zona Central da capital paulista.

Além desses novos canais de vendas, a rede está em fase de testes do APP Boali, exclusivo para o delivery próprio, sendo mais uma opção de entrega de comida além do Ifood, que hoje, sozinho corresponde por 20% do faturamento da rede. Entre as vantagens do App é que o mesmo estará integrado ao Clube Boali, clube de vantagens da rede, em que os consumidores, a cada compra, acumulam créditos para serem utilizados na própria rede, além de benefícios e vantagens especiais.  “A ideia é agilizar o atendimento e a conveniência do consumidor”, explica Rodrigo Barros. “Cada um desses novos negócios é uma oportunidade de disseminar esse conceito saudável e, ao mesmo tempo acessível”, finaliza.

Com estes novos canais, a empresa pretende aumentar em 35% o faturamento atual, e aumentar rapidamente sua distribuição não apenas em São Paulo, mas em outras áreas metropolitanas. E se depender das previsões de mercado e com a preocupação crescente dos consumidores com a saúde e bem-estar, não será difícil alcançar esta meta. Ainda segundo a pesquisa da Euromonitor, o segmento cresceu 98% nos últimos anos, fazendo com o Brasil ocupasse o 4º lugar  no ranking global de consumo de alimentos saudáveis. A previsão para 2021 é de um crescimento de aproximadamente 4,41% ao ano.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Alimentação Saudável , Máquinas de autoatendimento , Boali