Tip Top inova e passa a oferecer operação inédita no mercado têxtil

Publicado em 18/11/2016 por Imprensa

O formato quiosque será mais uma opção de investimento para os empreendedores

Consolidada há 64 anos no varejo por meio de suas lojas tradicionais, mega stores e multimarcas, a Tip Top acaba de dar mais um passo importante na história da marca e acaba de abrir uma operação inédita no segmento têxtil: uma unidade da rede no formato quiosque, no Butantã Shopping, localizado na capital paulista.


Com uma estrutura completamente diferente dos modelos atuais, o quiosque chega como mais uma opção para o investidor, porém com uma operação mais compacta, mix de produtos reduzido, foco na linha praia e vestuário para bebês. “É uma estratégia alinhada com toda a equipe, já que também possuem localização privilegiada e de alta movimentação de pessoas. Os corredores dos shoppings passam a ideia de compra rápida e não intimidam o cliente a se aproximar dos produtos, já que estão em seu trajeto, de passagem”, diz Ricardo Marcondes, gerente de expansão da Tip Top.


O novo projeto vai acompanhar o ritmo de expansão da marca por meio de franquias. “A ideia de criar um quiosque de roupas infantis vinha sendo amadurecido há algum tempo. Fizemos alguns rigorosos estudos e asseguramos a implementação de um modelo que ainda não existe no Brasil. Temos um vasto território para expansão deste modelo em mercados menores em que a loja tradicional e a mega store não eram viáveis. Após a operação deste piloto, estimamos a abertura de cinco quiosques pelo Brasil no primeiro semestre de 2017”,comenta Marcondes.


A proposta da marca é oferecer para os candidatos a franqueados a possibilidade de investimento em regiões com cerca de 80 mil habitantes. O investimento inicial será de R$ 150 mil reais considerando mobiliário, montagem, fretes, produtos e capital de giro.


A Tip Top está sempre de olho nas oportunidades e acompanha o mercado que continua aquecido. Segundo a Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (ABIT) o faturamento do setor será 4,9% maior do que o ano passado, um total de R$ 127 bilhões. Neste cenário, o segmento de vestuário infantil tem grande potencial, com crescimento em média de 6% anualmente.


Para Marcondes, o acesso a tecnologia e evolução das crianças, fizeram com que se tornassem mais opinativas e por dentro da moda. Escolhem as roupas que querem ter e usar, fazendo questão de participar das compras, o que auxiliou o engajamento do setor que estão inseridos.


Outra vantagem destacada para quem deseja investir no ramo de vestuário infantil é a demanda que este público gera pela fase de crescimento das crianças. As compras se tornam frequentes, desde peças para bebês, calçados, entre outros. A marca acompanha o desenvolvimento e atende de uma forma que agrada a todos. O fato da Tip Top atuar também como indústria permite mais agilidade nos processos de produção e, assim, facilita o gerenciamento do canal de vendas. Por essa razão, planejam crescer com os três modelos de negócio.


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias , Franquias de vestuário , Franquias para público infantil , Tip Top