Ortoplan registra maior crescimento da rede em 2015 e planeja expansão sólida e sustentável em 2016

Publicado em 07/03/2016 por Imprensa

Franquia registra crescimento superior aos 70% em número de unidades no ano passado e prevê chegar a 75 clínicas até o final de 2016

“Quando falo para as pessoas que 2015 foi o melhor ano da rede em termos de expansão em número de unidades, as pessoas ficam surpresas. Isso, porém, é o resultado de um planejamento bem estruturado e revisto o tempo todo para redirecionamento de rota”, explica o Dr. Faisal Ismail, empreendedor e presidente da ORTOPLAN - Especialidades Odontológicas, uma das maiores redes de franquias de clínicas odontológicas do Mercosul, que está há 17 anos no mercado.


Em 2015, a rede registrou crescimento superior aos 70% em número de unidades, chegando a 55 clínicas, entre abertas e contratadas. A meta é finalizar 2016 com 75 unidades contratadas. Para isso, Ismail começou a desenhar as ações ainda no último trimestre do ano passado e prevê revisões e possíveis correções de rota em períodos ainda mais curtos do que os praticados no ano passado. “Em anos de economia instável é de extrema importância que as estratégias sejam revisadas e corrigidas para minimizar os impactos sobre o negócio. Fizemos essa lição de casa no ano passado e neste ano vamos aprimorá-la a fim de obter resultados ainda mais palpáveis”, avalia.


Das 20 clínicas pretendidas para 2016, 17 devem ser instaladas em território brasileiro e as outras 3 em países do Mercosul, com prioridade para o Paraguai, onde a rede já conta com unidades em operação, e no Chile, país em que há negociações avançadas para fincar a bandeira Ortoplan. O executivo afirma que no Brasil o interesse é solidificar a atuação nos estados da região sul do país, berço da marca, fortalecer a atuação em São Paulo e ganhar capilaridade em estados do Nordeste. “A Ortoplan nasceu em 1998 já estruturada para crescer no modelo de franquias. Fomos muito cuidadosos desde a concepção da ideia de negócio até à formatação e início da comercialização das unidades franqueadas. Agora, a ideia é expandir a marca por todo o país e também pelos países vizinhos, fortalecendo nossa atuação”, explica o empreendedor.


O investimento para a abertura dessas 20 unidades previstas para 2016 deve chegar a R$ 5 milhões e gerar pelo menos 120 empregos diretos. Para isso, Ismail e seu sócio, Dr. Alessandro Schwertner, fizeram uma minuciosa avaliação das cidades brasileiras, e também dos países vizinhos, e têm um mapeamento muito claro sobre até onde querem levar a marca. Os odontólogos contam que cerca de 220 cidades brasileiras, localizadas nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Espírito Santo, Minas Gerais, Bahia, Ceará, Pernambuco, Maranhão, Alagoas, Piauí, Rio Grande do Norte, Paraíba, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, além do Distrito Federal, estão na mira, aptas para abrigar esse crescimento da ORTOPLAN.


A rede atua em duas modalidades de franquia: Plus, que prevê uma clínica com três consultórios ou mais e tem investimento aproximado de R$ 250 mil; e a Smart, que pode ter somente um consultório e tem investimento de cerca de R$ 75 mil. Segundo Ismail, a aposta é crescer usando estratégia de espiral. “O objetivo é dominar mercados em que já temos pelo menos uma clínica em operação para posteriormente seguir com aberturas em localidades mais distantes. As oportunidades existem e os especialistas apontam que o segmento de saúde bucal segue sendo uma tendência de negócio para 2016. Uma breve avaliação dos dados dá uma ideia disso: cerca de 24 milhões de brasileiros nunca estiveram em um consultório odontológico segundo levantamento”, finaliza.


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias , Franquias de odontologia , Plano de expansão , Ortoplan