Negócios flexíveis e baratos chamam atenção para quem busca empreender como segunda renda

Publicado em 02/05/2019 por Imprensa

A possibilidade de conciliar o emprego fixo com negócios alternativos tem atraído olhares de novos empreendedores para ter dinheiro extra e complementar a renda

Para equilibrar as finanças no final do mês muitos brasileiros tem optado por negócios alternativos como forma der ter uma renda extra. O aumento da expectativa de vida também tem impulsionado essa procura, já que os aposentados estão com saúde de sobra e a chance de aumentar a renda acaba se tornando uma saída para quem procura por negócio próprio que ocupa metade de sua rotina.

De acordo com a Serasa Experian, o número de pessoas que buscam por uma segunda renda cresceu mais de 20% no Brasil em 2018. Esse fato está associado a crise político-econômica do país nos últimos três anos que levou mais de 61 milhões de brasileiros a inadimplência durante o primeiro semestre.

E para quem busca por negócio mais flexível as franquias acabam se tornando uma ótima oportunidade de completar o faturamento, principalmente os negócios que exigem baixo investimento e possibilitam ainda conduzir da própria casa.

“A maioria dos casos daqueles que buscam por uma renda extra são profissionais que trabalham em CLT e não querem abandonar a segurança que seus trabalhos fixos proporcionam. Eles acabam enxergando uma oportunidade de ter um dinheiro extra na franquia, pois são negócios que geralmente não exigem experiência e ainda possibilita que o investidor receba todo suporte necessário para conduzir o empreendimento”, avalia Henrique Mol, diretor executivo da Quisto Corretora de Seguros, rede com 70 unidades atuando em diversos estados.

O empresário pontua que, como qualquer negócio, é necessário empenho e dedicação que o empreendimento dê certo, mesmo que não dependa da presença full time do empreendedor.

Microfranquia

As microfranquias, principalmente as que possibilitam trabalhar home office, são as que apresentam maior vantagem para quem busca ter uma segunda renda. “O fato de exigirem uma estrutura menor possibilita que o franqueado trabalhe conforme a demanda de serviço e horários alternativos, como o final de semana e a noite, por exemplo. Além de garantir ainda mais facilidade para quem busca dividir entre duas ocupações”, afirma Mol.

É o caso da Quisto Corretora de Seguros que exige apenas um computador, internet e telefone em um espaço de até 4m2. A rede oferece modelo de negócio home based com investimento de apenas R$11.990,00 (incluso taxa de franquia e capital de giro) e possibilita que o franqueado trabalhe em horários alternativos facilitando a organização entre o trabalho fixo e o tempo consumido pela franquia. Ela ainda não exige dedicação exclusiva para franqueados que atuam através desse sistema e promete faturamento (bruto) mensal de R$50 mil.

Mol salienta que para aqueles que buscam trabalhar em mais de um negócio é necessário criar um cronograma de atividades semanal ou mensal para dividir a jornada de trabalho com tarefas que possam render. “A falta de planejamento para qualquer tipo de negócio é fracasso garantido, independente se você estará à frente do negócio 100% ou apenas como opção de complementar a renda”, conclui.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias de serviços , Quisto Corretora de Seguros