Franquia de energia solar inaugura 2ª operação no Paraná

Publicado em 28/10/2019 por Imprensa

Blue Sol Energia Solar chega à cidade de Ponta Grossa sob o comando do jovem franqueado Allan Vieira Portuga

O segmento de energia solar segue em plena ascensão. Este cenário promissor tem atraído cada vez mais empresários interessados em explorar esse mercado. É o caso do jovem engenheiro civil, Allan Vieira Portugal, de 28 anos. Ele acumulou experiência ao desenvolver sua carreira no setor de construções sustentáveis e decidiu abrir seu próprio negócio no segmento de energia solar.

Portugal conta que sua franquia inicia atividades no início do mês de novembro e diz que as pesquisas sobre energias limpas e oportunidades de negócios efetivamente viáveis nesse setor foram determinantes para decidir investir na abertura de uma unidade Blue Sol Energia Solar na cidade de Ponta Grossa, no Paraná.

“O prazer da proposta ambiental, a inovação, o crescimento do negócio, a questão da sustentabilidade e poder levar ao consumidor a independência, a autonomia e a segurança para geração da sua própria energia tem tudo a ver comigo, com o que eu acredito pessoal e profissionalmente”, analisa o novo franqueado da Blue Sol.

Além disso, Portugal pontua que a credibilidade e a segurança transmitidas pela equipe da rede Blue Sol, pioneira em levar para o franchising as tecnologias para geração de energia solar fotovoltaica, foram importantes para a tomada de decisão e investimento de, aproximadamente, R$ 210 mil para abertura do negócio em um setor apontado por especialistas de todo o mundo como um dos mais promissores na atualidade.

O franqueado aponta, ainda, que espera disseminar por Ponta Grossa o conceito de geração de energia no ponto de consumo. Para isso, já delineou como se dará sua atuação. “O nosso público alvo é o consumidor de energia que enxerga boa parte dos seus lucros e rendimentos reduzidos por pagar uma energia cara e não renovável. Queremos levar a energia solar a escolas de médio porte, restaurantes, supermercados, academias de ginástica, fábricas de pequeno e médio porte, entre outros estabelecimentos”, define Portugal.

O empreendedor acredita na viabilidade do negócio e, por isso, entende ser possível conquistar o retorno do investimento entre 12 e 18 meses. Essa certeza é sustentada por uma conjunção de fatores. Um deles é o crescimento do setor de energia solar. “Cada vez mais nos tornamos dependentes da energia. Ela tem tido papel importante na modernização e crescimento econômico. Especialistas apontam que a energia solar será substituta de energias não limpas. O setor solar dá ao consumidor mais uma opção de compra, opção inclusive de geração própria, permitindo que haja previsibilidade e diminuição de custos, além de ser uma fonte renovável de energia. Por mais que tentem baixar o valor da energia elétrica, a tendência – enquanto a geração se der via hidrelétricas e termoelétricas - será sempre de alta. Considero inevitável para o equilíbrio do setor e para a manutenção da oferta de energia no país, o fortalecimento do consumidor como gerador da sua própria energia. A cada ano que passa, a tecnologia fotovoltaica avança mais e se torna mais acessível, o que torna esse mercado cada vez mais promissor”, finaliza o franqueado, que já tem planos e expectativas de abertura de uma segunda franquia da marca dentro de um prazo máximo de 24 meses.

Expansão da rede

A nova franquia Blue Sol Energia Solar em Ponta Grossa é a 22ª unidade da marca em operação. A meta da rede é fechar 2019 com pelo menos 40 franquias entre abertas e contratadas em todo o país.

De acordo com Rafael Cafolla, gestor de franquias da Blue Sol Energia Solar, essa é a 2ª operação da marca no Paraná, estado onde a franqueadora já conta com operação na capital, Curitiba, e planeja chegar a 5 unidades até 2020. Outra meta da empresa é ter 150 franquias em todo o país até 2025, com pelo menos uma unidade em cada estado da federação, e mais 50 unidades na América Latina.

O executivo explica que a franqueadora cuida da elaboração dos projetos, fornecimento dos equipamentos, logística e conexão com as distribuidoras de energia elétrica, enquanto a franquia faz a frente comercial visitas técnicas e a instalação dos sistemas. Por isso, a marca vem selecionando como franqueados, candidatos que possuam experiência na área comercial, vivência anterior como empresário, diretor ou gerente, habilidade para gestão de pessoas e disponibilidade para gestão da franquia em tempo integral. “Temos 10 anos de know-how no mercado de energia solar e somos a empresa com o maior número de sistemas comercializados em geração distribuída do Brasil. Nossa estrutura está bem preparada para levar os sistemas fotovoltaicos a todo o país”, finaliza o executivo.

A Blue Sol Energia Solar também conta com franquias em Alphaville (SP), Campinas (SP), Araraquara (SP), Bauru (SP), Sorocaba (SP), São José dos Campos (SP), Americana (SP), Ribeirão Preto (SP), Rio de Janeiro (RJ), Macaé (RJ), Juiz de Fora (MG),  Fortaleza (CE), Recife (PE), Caruaru (PE), Belém (PA), Cuiabá (MT), Goiânia (GO), Brasília (DF), Manaus (AM), Curitiba (PR) e Bento Gonçalves (RS).

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias de serviços , Blue Sol Energia Solar