Franquia com baixo valor de investimento e trabalho home office é oportunidade de negócio próprio

Publicado em 28/03/2018 por Imprensa

Microfranquia Bidon Corretora de Seguros estará participando pela segunda vez da Feira do Empreendedor Sebrae com investimento inicial de pouco mais de R$10 mil

Com a retomada da economia, mesmo que vagorosamente, os brasileiros estão sentindo confiança para investir em um negócio próprio. O mercado de franquia acaba se tornando uma boa alternativa, já que por se tratar de um modelo testado passa ainda mais credibilidade ao investidor que não precisa começar do zero.

O mercado de seguros vem surpreendendo a todos com excelentes resultados. Segundo a Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais (CNSeg) e a Superintendência de Seguros Privados (Susep), aproximadamente 30% dos veículos que circulam pelo país têm seguro; cerca de 12% a 15% das residências são seguradas e 19% da população brasileira possui um seguro de vida. Esses dados demonstram novas oportunidades para estimular as vendas, conquistar novos clientes e fidelizar os já existentes.

Henrique Mol, diretor executivo da Bidon Corretora de Seguros, rede de franquias com 130 unidades operando exclusivamente home office no Brasil, conta que para o empreendedor se manter no mercado em 2018 é necessário criatividade e reinvenção do negócio. “Para que isso ocorra é necessário sair da zona de conforto e pensar fora da caixinha. A rede oferece espaço e apoia as mentes criativas que buscam implantar algo novo na sua franquia. Pois se o franqueado cresce a rede também cresce junto”, ressalta Mol.

Feira do Sebrae

A Bidon estará participando pela segunda vez da Feira do Empreendedor do Sebrae, que ocorrerá de 07 a 10 de abril, no Parque Anhembi, em São Paulo (SP).

Mol afirma que a Feira do Sebrae é uma oportunidade imperdível para quem planeja investir em uma franquia, onde é possível conhecer melhor o modelo de negócio e sanar todas as dúvidas sobre o franchising. E São Paulo tem grande potencial para receber a marca. A expectativa é que seja feita cerca de 200 contatos/prospecções durante a Feira, e concretizado 20 novos contratos com franqueados paulistano.

Franquia barata e lucrativa

Para quem possui pouco capital, porém tem vontade de montar um negócio próprio, a Bidon Corretora de Seguros vem de encontro com esse público. Seu investimento inicial é de apenas R$ R$11.990,00 (incluso taxa de franquia + capital de giro) e com faturamento (bruto) mensal de R$50 mil e prazo de retorno entre 3 a 12 meses.

A vantagem desta franquia é que ela possibilita o franqueado trabalhar exclusivamente home office, ou seja, no conforto da própria casa, sem a necessidade de arcar com aluguel de ponto comercial. Devido a simplicidade do negócio e a necessidade de uma baixa infraestrutura – apenas computadores, internet e telefone para captação dos clientes – torna-se um ótimo negócio para adequar as funções do dia a dia e estar mais perto da família com qualidade de vida, principalmente para aqueles que estão iniciando um negócio próprio.

A Bidon Corretora de Seguros visa a retenção e fidelização de sua carteira de clientes. No entanto, isso só é possível, por meio do atendimento personalizado ao cliente. “Diante a necessidade de utilização do seu seguro, todo suporte é feito pela Corretora de Seguros, dando tranquilidade e comodidade ao cliente”, afirma Mol.

A rede oferece seguros nas áreas de: acidentes pessoais, empresarial, condomínios, responsabilidade civil, risco de engenharia, imobiliário, caminhão, motos, frotas de veículos, e o carro-chefe – seguros de automóveis.  Além disso, a Bidon oferece carta verde, consórcios, previdência privada, fiança locatícia, planos odontológicos e de saúde, e seguros de vida (individual e coletivo), residencial e de viagem.

Segurança e suporte

Para aqueles que nunca trabalharam na área de seguros não precisam ficar preocupados, basta apenas ter tino para as vendas. É que a rede oferece suporte de qualidade para seus franqueados.

Mol conta que o suporte de qualidade ao franqueado deve ser visto como uma obrigação da franqueadora. “Entendemos que para qualquer tipo de problema que o franqueado possa ter, seja por dificuldade nas vendas ou na parte operacional, devemos sempre estar altamente preparados para oferecer este apoio. Afinal, é no momento de dificuldade que o franqueado irá avaliar a qualidade e o grau de preocupação que a franqueadora deposita em seu pós-venda. Devemos também sempre partir do objetivo que franqueado satisfeito tem determinação e motivação para produzir cada vez mais”, avalia.

E é justamente a partir dessa premissa que o setor de relacionamento fará toda a diferença para a empresa, pois ele está ligado diretamente ao franqueado. “O relacionamento é responsável por todo treinamento, suporte comercial, capacitação do franqueado e principalmente o acompanhamento do desenvolvimento de cada um, criando assim um vínculo único no qual o franqueado se sente totalmente amparado em todos os aspectos, fazendo assim que o sentimento de motivação esteja sempre latente em cada franqueado”, conclui Mol sobre a importância de oferecer suporte aos empreendedores.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquia , Bidon Corretora de Seguros