Conheça as principais diferenças entre loja de shopping e de rua da Moldura Minuto

Publicado em 28/05/2015 por Imprensa

Um dos fatores determinantes para o sucesso de uma franquia é a escolha do ponto comercial. O empreendedor deve pensar – além dos custos de investimento – no público alvo, na concorrência da região e nas ações de marketing que serão necessárias. Neste sentido, um ponto merece destaque: a unidade será aberta em shopping ou na rua?


No caso da rede especializada em quadros e decoração, Moldura Minuto, o franqueado tem a opção dos dois modelos de negócio, cada qual com perfil e características distintas.


As lojas de shopping são mais compactas e focadas no consumidor final, que leva sua imagem para emolduramento na hora. A equipe é maior e o horário de funcionamento mais extenso.


O franqueado que opta por esse modelo precisa ter em mente que o fluxo de clientes é maior, mas os gastos também, explica Joyce Nascimento, consultora da rede:


“No shopping, há maior versatilidade e dinamismo, além do que, o cliente vai até você, em um fluxo constante. Um número significativo de consumidores conhece a marca, os produtos e serviços e tornam-se clientes. Em contrapartida, as negociações são intensas para reduzir os custos. Unidades de shopping proporcionam faturamento maior, mas os gastos também são mais altos”, explica.


Além dos alugueis, o custo do shopping é maior, porque nas lojas de rua não há condomínio, nem fundo de propaganda e as despesas com mão de obra também são inferiores, pois o número necessário de colabores é menor.


Com relação ao impacto que o aumento de shoppings centers causa no varejo de rua, a consultora diz: “Há o impacto, mas é pequeno. No caso da Moldura Minuto o perfil dos consumidores é bem diferente. O shopping possui maior capilaridade e mais variedade de clientes passantes, já o público das lojas de rua da MM procura praticidade e conforto. As lojas possuem estacionamento, oferecem café e o atendimento é mais intimista e personalizado”.


Outro diferencial das lojas de rua da Moldura Minuto é o fato dos espaços serem frequentados por decoradores e arquitetos, além de receberem reuniões para desenvolvimento de projetos de decoração. É comum as unidades se transformarem em galerias, recebendo exposições, em parceria com artistas e fotógrafos.


Perfil do franqueado


No caso da Moldura Minuto, a escolha do modelo de negócio depende muito do perfil do franqueado. No shopping, o investidor precisa ser mais dinâmico, afinal as lojas do centro de compras não param. São 363 dias por ano em funcionamento, fechando apenas no Natal e Ano Novo.


Já para as lojas de rua, o principal diferencial é gostar de se relacionar, pois é comum a realização de eventos, exposições, cafés para lançamento das coleções, além do relacionamento direto com arquitetos e decoradores. Neste modelo, o funcionamento é de segunda a sábado, de acordo com o horário do comercio local.


Lucky Assessoria


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias , Futuro Franqueado , Modelo de Franquia , Moldura Minuto , Franquias de decoração