Família e negócio em um mesmo local

Publicado em 07/08/2017 por Imprensa

Com uma comunicação assertiva e trabalho em equipe, família mineira mostra que trabalhar em conjunto pode sim dar muito certo nos negócios

Abrir o próprio negócio, gerir com eficiência e transformá-lo em um empreendimento bem sucedido, não é uma tarefa muito fácil, pois exige do empresário um perfil de liderança bastante apurado. Mas e quando o negócio passa a ser administrado por membros da mesma família. Será que é fácil separar trabalho do que é vida pessoal?

Assim como muitos brasileiros que enxergaram na crise a oportunidade de ter seu próprio negócio, a família Moura resolveu investir no primeiro negócio próprio administrado por Ian Duarte Moura, de 26 anos, que conta com o auxílio nas horas vagas do irmão Igor, de 31 anos e do chefe da família, John Wagner Moura, 60 anos. A escolha foi uma rede de pizzarias tradicionais, Fórmula Pizzaria - empresa que entrou recentemente ao segmento do franchising no Brasil - em Belo Horizonte (MG). O bairro escolhido para gerenciar o novo empreendimento não poderia ser mais sugestivo: Sagrada Família, local escolhido a dedo, pois remete a muitas lembranças, já que a família reside neste bairro e possui muitos conhecidos, o que acaba agregando ainda mais novos clientes.

Em setembro de 2016, a mãe dos jovens empreendedores faleceu devido a um câncer, fato esse que balançou a estrutura de toda a família. “Demoramos para nos reerguer, até que descobrimos o direito a uma herança deixado por ela. Pensamos em investir em um apartamento, já que moramos de aluguel, mas o sonho de um negócio próprio falou mais alto. Por meses procuramos modelos de franquias até surgir a Fórmula Pizzaria. Estudamos bastante a proposta e decidimos ingressar nesta nova empreitada. E o resultado? Estamos muito felizes com esse novo negócio”, explica Ian. 

O empreendimento possibilitou não somente unir ainda mais a família Moura como também inserir novamente no mercado de trabalho o senhor John, que há cerca de 4 anos se dedicou exclusivamente as atividades diárias que uma casa exige.

“Amigos, amigos, negócios à parte”

Já diz aquele velho ditado que não é aconselhável misturar amizade com dinheiro. Mas será que o mesmo vale para familiares? Dados de pesquisa do Boston Consulting Group (BCG) – empresa de consultoria de gestão com 85 escritórios em 48 países – mostram que, no Brasil, as empresas familiares de grande porte, com faturamento acima de US$ 500 milhões, crescem mais que as outras. Ainda segundo a pesquisa, as empresas familiares apresentam crescimento de 21%, enquanto empresas de outro tipo crescem 18%.

Segundo informações de Ian, todo o planejamento foi muito bem estudado. Possuir praticidade na maneira de conduzir o negócio, além do apoio da franqueadora, foram pontos essenciais na hora de bater o martelo pela escolha desta franquia. A unidade inaugurada no início do mês de junho já possibilitou um faturamento em torno de R$4 mil. No entanto, a família Moura espera que daqui a 6 a 8 meses possa atingir entre R$8 a R$10 mil por mês. 

O novo empreendedor ainda divide o tempo com outra função que aprecia muito. Ian também é produtor de eventos. No entanto, essa nova experiência não vem atrapalhando em nada ambos os serviços, já que concilia muito bem seus horários e de quebra ainda conta com o apoio de toda a família. “A única dificuldade que estamos enfrentando nesse primeiro momento é a adaptação com o setor alimentício, até porque se trata de algo muito novo para nós. Mas o campo de alimentação é um dos que mais cresce a cada ano, e com a experiência que estamos adquirindo dia a dia, só posso dizer que iremos tirar de letra”, avalia.

E quando os problemas aparecem, a comunicação é a saída. “A melhor forma de resolver os problemas cotidianos em conjunto é a partir da troca de opiniões, buscando sempre a melhor solução, tendo em vista nosso objetivo principal: o atendimento com excelência ao cliente”, concluiu Ian.

Para dividir as tarefas, Ian e o senhor Jonh ficam encarregados pelo comando operacional de toda a pizzaria, já Igor cuida da parte financeira. E assim, o negócio vai prosperando e caminhando em passos largos, bem mais do que a família Moura um dia sonhou em ter, um empreendimento só deles.

Marca em plena expansão

A Fórmula Pizzaria entrou para o franchising, no ano passado e alcançou R$1.764.000,00 milhão em faturamento. E as expectativas para este ano são ainda mais animadoras, já que a marca pretende encerrar 2017 com R$ 5 milhões em faturamento.

Esses números só aumentam devido que os consumidores estão buscando cada vez mais a comodidade de suas residências para a alimentação, fato esse que acaba refletindo diretamente nas pizzarias.

A franquia se destaca no mercado tendo como ponto alto a qualidade no produto, experiência positiva no contato do cliente com as unidades e rapidez na entrega dos pedidos. O foco principal da rede é o serviço delivery que representa 75% dos pedidos recebidos pelas unidades.

Atualmente a marca possui 12 unidades somente em Belo Horizonte (MG), mas com projeto em execução de expansão para diversas regiões no país. Somente este ano a franquia pretende ampliar seus negócios e criar 3 unidades no Nordeste; 2 em São Paulo e no Rio de Janeiro, e 1 unidade em Santa Catarina, Espírito Santo e Distrito Federal, além de outros locais que estão sendo estudados pela marca, se tornando uma das maiores redes de franquias especializada no mercado tradicional de pizzas.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquia , Franquias de alimentação , Franquias de pizzarias , Fórmula Pizzaria