Viggo estreia na ABF Expo 2017

Publicado em 23/06/2017 por Imprensa

Meta da nova rede de franquias é quadruplicar o número de lojas até 2020

A rede de calçados e acessórios para o público masculino, oriunda de Natal (RN), Lojas Viggo, participa da ABF Franchising Expo 2017 confirmando sua proposta de expansão ao mercado nacional por meio de franquias. O objetivo da empresa é apresentar seu modelo de negócios aos cerca de 70 mil participantes previstos para a edição deste ano, com o intuito de concretizar sua meta de abertura de 20 unidades nos próximos três anos.

Atualmente a rede possui seis lojas em operação, sendo duas em Natal (RN), três em Recife e região metropolitana (PE), e uma em João Pessoa (PB), trabalhando, ao contrário do mercado calçadista e de moda atual, com uma fonte sistemática e quinzenal de atualização das coleções, liberando-se do antigo calendário sazonal primavera-verão e outono-inverno. “Nossa proposta é perceber a real necessidade do cliente, independentemente das amarras das coleções fixas, potencializando as vendas conforme o pleito do cliente. Esse diferencial, requer duas estruturas operacionais dinâmicas: uma no PDV, com a identificação do desejo e a catalogação no nosso sistema CRM; e outro na franqueadora, que traduz e ranqueia essas demandas, comparando-as aos modelos e produtos ofertados pelos fornecedores, já realizando a emissão dos pedidos e entregando nas lojas em até 45 dias, sendo feitas novas entregas a cada 15 dias”, comenta o diretor de marketing e expansão das Lojas Viggo, Diogo Oliveira. 

“Com essa proposta, o franqueado terá em mãos um modelo de negócio organicamente mais inteligente e um estoque mais maleável, no sentido de, instantaneamente, poder rever o giro de produtos, com reajustes pré-disponíveis no nosso sistema”, evidencia Oliveira. E isso, segundo o sócio-diretor da ba}STOCKLER, Guilherme Siriani, no ramo calçadista é um avanço operacional e comercial muito amplo. “O segredo do sucesso de uma franquia de calçados é a gestão do estoque. Permitir essa atualização constante e nos ditames dos anseios do consumidor acaba por revelar ao mercado uma nova dinâmica de administração e de gestão, colaborando para instaurar um modelo de negócio, embora testado e consolidado pelos mais de 12 anos da Viggo, totalmente inovador”, ressalta Siriani.

Modelo de negócio e diferenciais

Pautada para atender as demandas da classe A e B, o tíquete médio atual está em torno de R$ 230,00 e, ao todo, são mais de 700 itens à disposição na loja, com oito linhas de produtos no PDV: casual, sider, mocassins (carro-chefe), social, sandália, acessórios, sapatênis e botas. Atualmente, a rede comercializa cerca de 50 mil pares/ano, e possui uma base cadastrada de 30 mil clientes. 

Desse modo, a Viggo propõe-se a ofertar um modelo de negócio fundamentado pela qualidade e atitude, dentro de um mercado ainda pouco explorado no país, sob o ponto de vista do franchising: calçados e acessórios masculinos com estilo, voltados a agradar tanto o público jovem, quanto os mais clássicos.

Além da capacidade financeira para o investimento inicial, que versa a partir de R$ 400 mil - incluindo a taxa de franquia e o capital de giro -, os candidatos devem ter visão empreendedora, conhecimento em administração e/ou moda e vontade de empreender. “Este é um mercado em constante mudança. É um nicho com muito espaço a ser conquistado, já que há s poucas opções de franquias de calçados masculinos no mercado. Muitos shoppings nos procuram, pois têm a real necessidade de incluir em seu mix novas opções nesse sentido”, destaca Oliveira.

Diferencial: parcelamento do estoque minimiza  o impacto do investimento inicial

Como diferencial competitivo e para alavancar a busca de novos empreendedores, as Lojas Viggo adotam um modelo de negócio de franquia que minimiza o impacto do investimento inicial para os novos franqueados, ou seja, o estoque inicial pode ser parcelado em até três vezes (30, 60 e 90 dias).

“Essa medida é uma maneira de diluir os investimentos iniciais e uma forma de mostrar nosso apoio ao novo empreendedor. Nele, o franqueado consegue amortizar o valor do estoque com as próprias vendas dos primeiros meses. Consequentemente, isso minimiza também o valor do capital de giro, fazendo com que ele se capitalize de maneira mais rápida”, ressalta Siriani.

Além de acompanhar os candidatos à franquia em todas as etapas do processo de seleção, tal como checagem do budget de investimento e apoio à localização do ponto de venda, a Viggo oferecerá, também, todo o suporte necessário para o treinamento, marketing, comercial e gerenciamento de ações administrativas e de gestão, tudo para que cada nova unidade franqueada se consolide e cresça, de maneira estruturada.

Em paralelo, os franqueados da rede contarão com consultores de campo, baseado em uma metodologia de business intelligence, que permite uma melhor leitura e plano de ação para aprimorar suas operações. “Trabalharemos em sintonia para gerir a rede, ampliando conhecimento entre os franqueados”, pontua Diogo Oliveira.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquia , Franquias de calçados , ABF Expo , Viggo