Setor de Informática está no segmento que mais cresceu em 2014

Publicado em 16/03/2015 por Imprensa

Gigatron Franchising comemora aumento no setor de 27% divulgado pela ABF

Recentemente a ABF (Associação Brasileira de Franchising) divulgou os números do balanço final de 2014 e, segundo o levantamento, o setor de franchising cresceu 7,7%, com um faturamento registrado de R$127,331 bilhões, apenas no ano de 2014. O estudo ainda aponta que o setor de franquias contribui diretamente com o crescimento socioeconômico do país, gerando um aumento de 6,5%, ou 67.173 novos empregos diretos gerados.


O segmento que mais cresceu sobre ele mesmo foi o de Comunicação, Informática e Eletrônico, apontando um faturamento 27% maior que no ano anterior. “A crise em diversos setores está obrigado o empresário a investir mais em tecnologia, equipamentos mais potentes, soluções em software, infraestrutura e consultoria são itens essenciais para ajudar o empresário a tomar decisões melhores e mais rápidas”, explicou Marcelo Salomão, diretor executivo da rede Gigatron Franchising, sobre o crescimento do setor.


Salomão acompanha de perto esse aquecimento do mercado tecnológico e aproveita o bom momento do mercado para prospectar novas metas. “Hoje a Gigatron possui 84 unidades, até o fim de 2015 chegaremos a 400 unidades”. Para isso, a Gigatron Franchising oferece sete modelos de microfranquias para seus investidores, baseado no crescimento mútuo. “Conseguimos implantar em uma loja de varejo soluções de software, site, e-commerce, campanhas de mail de mkt, ferramentas de divulgação por celulares e certificados digitais, praticamente fechamos todos os setores de uma empresa. Junto com o franqueado lá na ponta, oferecemos serviços de infraestrutura e help desk local, assim, assumimos todo o setor de tecnologia do pequeno varejo.


A franqueadora segue um plano de expansão onde estão inclusas participações em feiras voltadas para novos investidores, onde o foco é conseguir novos franqueados e também um maior fortalecimento da marca. “Participamos da maioria das feiras realizadas pelo Sebrae, viajamos de Norte a Sul divulgando a rede e fechando novos contratos”, contou Marcelo. 


Com base nos estudos da ABF, a modalidade de microfranquia cresceu 14,7% em 2014. A classe “C” tem investido cada vez mais no seu próprio negócio e no sonho da independência financeira, fomentando assim esse mercado, que pede um investimento inicial de até R$85mil. Hoje das 2.942 redes de franquias existentes no Brasil, 433 já possuem o modelo de microfranquias.


Esse é um dos motivos do sucesso da Gigatron pelo país, a rede possui modelos de microfranquias que vão de R$ 940 (AppLovers) até R$10mil (softwares). “Nossas franquias são conectadas, o que pode proporcionar mais vendas para o varejo e prestadores de serviços”, disse o diretor.


Hoje os modelos de franquias oferecidos pela Gigatron Franchising são:


AppLovers: Softwares para dispositivos móveis;
GigaEducação: Voltado para educação profissional e o primeiro emprego;
GigaNetwork: Ferramentas para geração de negócios baseado em reuniões;
GigaSMS: Plataforma de disparos de SMS;
Software: Implantação de softwares de gestão em empresas do varejo e prestadores de serviço;
GigaCertificadora: venda de Certificados digitais para pessoas físicas e jurídicas;
GigaWebSite: Implantação de sites, blogs, e-commerces e newsletters em pequenas empresas. 


Renata Brito - Fatos&Ideias Comunicação 


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias , Oportunidades de negócios , Gigatron , Gestão de franquias , Redes de franquias