Segmento de suplementos alimentares é excelente opção para quem busca um negócio próprio

Publicado em 29/07/2015 por Imprensa

Segundo a Abenutri, o mercado brasileiro tem um enorme potencial de crescimento. Se comparado aos Estados Unidos, por exemplo, o Brasil ainda é pouco explorado no segmento.

O mercado de suplementação alimentar e esportiva crescerá cerca de 14% em 2015. Esta é a projeção da Abenutri – Associação Brasileira de Empresas de Produtos Nutricionais, que afirma que, nos Estados Unidos, o crescimento será de 5% ao ano. Para o presidente da entidade, Marcelo Bella, os números do setor (veja abaixo) mostram que o mercado ainda pode ser bem trabalhado.


Apostando neste crescimento, a Dr. Shape é uma franqueadora que soma 45 lojas implantadas ou em fase de implantação. Essa franqueadora desenvolveu três formatos de negócios, disponíveis para todo o Brasil. “De acordo com as características da região em que pretende atuar e a disponibilidade financeira para o investimento, o investidor pode escolher um dos modelos, que são Dr.Shape Express; Dr.Shape Monster ou Dr. Shape Viva na Medida. Certamente, todas elas têm um excelente retorno de investimento e oferecem ao investidor a capacidade de crescimento”, afirma Roberto Kalaes, sócio-franqueador.


A Dr. Shape Express é uma loja compacta, com área de implantação de 50m² a 80m², que oferece as principais marcas de suplementos alimentares nacionais e importadas, vestuário fitness e para treino, artigos ortopédicos, artigos para natação, acessórios e equipamentos funcionais, entre outros produtos. O investimento inicial é de R$ 150 mil a R$ 180 mil, dependendo do tamanho da loja.


Já o modelo Dr. Shape Monster, cujo investimento inicial é a partir de R$ 200 mil, exige uma área a partir de 150m². “Além dos itens comercializados no Express, oferece um mix maior de produtos, incluindo equipamentos e acessórios para musculaçãoe a maior linha “fight’ do mercado”, completa Kalaes.


O modelo “Viva na Medida” é um conceito diferenciado e inovador. “Trata-se de uma megastore que mescla o modelo de loja Monster com um espaço para convivência e alimentação saudável no formado de food service. São lojas grandes, que ocupam uma área a partir de 150m² e exigem investimento inicial de R$ 250 mil”, diz Felipe Kalaes, também sócio-franqueador.


A Dr. Shape trabalha com mais de 60 fornecedores homologados e 7 mil itens. São produtos nacionais e importados que atendem às mais variadas necessidades de pessoas de todas as classes sociais e idades.


A Dr.Shape, acompanhando o crescimento deste mercado pouco explorado e em franco crescimento, pretende abrir novas lojas em todo o Brasil, em cidades com mais de 80 mil habitantes, especialmente no interior de São Paulo e nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.


Os números do setor
Segundo dados da IHRSA Global Report 2014, o Brasil conta com 30 mil academias que têm, em média, 254 clientes por unidade. O faturamento anual chega a US$ 2 milhões e cerca de 4% da população brasileira é adepta a esta prática. Trata-se de um mercado que cresce ano a ano, especialmente em cidades menores e em bairros mais afastados do centro, no caso das capitais.


Paralelamente, a necessidade de se nutrir corretamente é uma realidade não só para os esportistas e praticantes de atividade física, mas também para quem deseja suplementar a alimentação. Assim, o mercado de nutrição esportiva cresce no Brasil, desde 2010, uma média de 23% ao ano. Segundo Marcelo Bella, da Abenutri, trata-se de um resultado mais significativo do que o dos Estados Unidos, país mais próspero do ramo, que cresce 5% ao ano. Ele afirma que o potencial do mercado brasileiro é imenso porque, atualmente, o faturamento da área é de US$ 320 milhões ao ano, com 2,5 milhões de consumidores. São 250 marcas pertencentes a 100 empresas, sendo 60% nacionais e 40% internacionais, que têm seus produtos vendidos em 11 mil pontos de venda, que variam entre lojas especializadas e farmácias.


Em comparação, os Estados Unidos têm um mercado que fatura US$ 4 bilhões ao ano com mais de 2 mil marcas revendidas em 100 mil pontos de venda. Em termos de consumidores, são 50 milhões de interessados em nutrição esportiva. Quanto aos canais de vendas, o mercado hoje tem cerca de 20% das compras feitas pela internet, 50% nas lojas físicas especializadas e 30% em farmácias.


Para o mercado de sportsnutrition, os produtos à base de proteína são os campeões de venda, com 65%. Em seguida vêm os aminoácidos e energéticos com 15% cada um; e hipercalóricos com 5%. Em relação ao perfil do consumidor, 80% são jovens entre 15 e 30 anos. São 80% de homens e 20% de mulheres das classes de A a D.


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias , Modelo de Franquia , Franquias de Academia , Dr. Shape , Franquias de suplementos alimentares , Dr. Shape Express , Dr. Shape Monster , Dr. Shape Viva na Medida