Redes de fora do comércio varejista se prepararam para contratação de vagas temporárias

Publicado em 21/11/2018 por Imprensa

Contratações deverão ser maiores em 15% no número de funcionários; Em alguns casos não é necessário experiência, apenas dedicação e “sede” de aprendizado

Fim de ano, época de festas e férias... e o movimento no comércio começa a ganhar força. Oportunidade ideal para quem está desempregado, já que esse é o principal momento do ano para contratação de funcionários temporários.

De acordo com dados da Associação Brasileira do Trabalho Temporário (Asserttem) e Caixa Econômica Federal, no Brasil, a previsão é de aumento de 10% no número de vagas temporárias este ano, em comparação com o mesmo período do ano passado, quando deverão ser oferecidos 434,4 mil vagas em todo o país nos setores da indústria, comércio e serviços. Esse número é 22% maior em relação ao número de vagas oferecidas em 2016. Somente em Belo Horizonte (MG), deverão ser abertas mais de 5 mil vagas temporárias, segundo informações do Sindicato de Lojistas da cidade.

Movimento em salões de beleza

Com isso, empresas que registram bom movimento de final de ano já começam a se preparar para as contratações. Inclusive os segmentos que fogem do tradicional comércio que já possuem esse hábito de contratação para alavancar as vendas.

No salão de beleza SUAV, rede com foco em serviços express, a busca por mão de obra já começou. A rede que oferece serviços como depilação, esmalteria, design de sobrancelha e fotodepilação busca ampliar o quadro de colaboradoras, principalmente o de manicure. “A intenção é que esses novos colaboradores comecem a ser contratados a partir desta segunda quinzena de novembro, quando a demanda em todas as unidades começará a aumentar”, enfatiza Diogo Cordeiro de Oliveira, diretor executivo da rede de franquias.

Enquanto em outras épocas do ano o número de atendimento gira em torno de 2.500 serviços prestados, entre dezembro a janeiro esse número deverá aumentar em 30%. A marca que nasceu em Belo Horizonte concentra metade das unidades em operação, são cinco lojas ativas somente na capital mineira. As outras lojas estão espalhadas pelo estado de Minas Gerais e em Belém (PA).

A expectativa é que o faturamento aumente em 10% nesse período. Para dar conta do trabalho será necessário contratar cerca de 30 funcionárias temporárias na rede.

Limpeza Automotiva

Na rede Acquazero (especializada em lavagem ecológica automotiva) é esperado movimento 15% maior em comparação com os outros meses do ano.

De acordo com o diretor executivo da rede, Henrique Mol, as contratações que deverão começar no final de novembro deverão se estender até meados de dezembro.

O negócio que utiliza apenas 300 ml de água para lavar os veículos não exige experiência do funcionário temporário, apenas comprometimento com o serviço e força de vontade, já que em média, durante o final de ano, em um único dia cerca de 15 carros são limpos.

“Essa é uma oportunidade do funcionário demonstrar desempenho e ter grandes chances de continuar trabalhando após esse período. É necessário “vestir a camisa” da empresa”, avalia Mol.

O empresário pontua que deverão ser contratados 150 colaboradores nas unidades da rede, ou seja, uma média de dois funcionários por unidade, que hoje somam 240 unidades em operação espalhadas por diversas cidades do Brasil atuando em estacionamento de shoppings centers, supermercados, academia, condomínio, entre outros pontos.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias de beleza , Acquazero , Franquias de serviços automotivos , Suav