Quinta Valentina pretende chegar a 500 unidades até o final do ano

Publicado em 25/05/2015 por Imprensa

Rede investe em atendimento personalizado onde e quando o cliente desejar.

A rede de franquias Quinta Valentina, especializada em comércio de calçados femininos com canal de venda direta personalizada, mais especificamente em uma rede de franquias home-based, planeja chegar a 500 unidades até o final de 2015. A rede soma 44 unidades em operação distribuídas por 13 estados, com faturamento estimado de R$ 10 milhões para 2015.


“Somos a primeira rede de franquias no segmento de calçados a unir o sistema de franchising à venda direta personalizada. O franqueado leva até a casa da cliente uma quantidade significativa de sapatos dos modelos e numerações pedidos. Esse sistema elimina custos com aluguel, contratação de funcionários e outras despesas operacionais, o que tem chamado a atenção dos empreendedores, permitindo nossa expansão arrojada”, explica o fundador, Renato Kuyumjian.


A franquia foi formatada e lançada oficialmente em meados de 2014. O estoque inicial, com 88 pares, custa cerca de R$ 16 mil. Para garantir a melhor gestão da operação, os franqueados contam com um completo sistema de gerenciamento por meio de intranet, que permite controle fácil de compra e venda, estoque e outros itens. O sistema também oferece ao franqueado informações precisas, em tempo real, sobre suas vendas, entregas de produtos, controle financeiro, carteira de clientes, estoque e pedidos de compras.


A grande vitrine da marca é a shoe bag, uma mala especial para transporte dos pares, com capacidade média de 20 a 30 pares. Para compor o próprio mostruário, a franqueadora conta com cerca de 280 modelos de calçados, renovados constantemente.


Em média, as franquias trabalham com um mix de 60 modelos, selecionados de acordo com o perfil de sua clientela. Há opções para todos os gostos, dos clássicos aos fashions, com tíquete médio entre R$ 189 e R$ 279. Quem faz a seleção é o próprio franqueado.


Sobre a Quinta Valentina


A Quinta Valentina teve início em 2009, com a instalação de uma loja de sapatos femininos de alta qualidade no modelo de varejo tradicional, em Goiânia, Goiás.


Visando melhor atender ao seu público-alvo — mulheres das classes A e B —, a empresa adotou a modalidade de venda direta personalizada no varejo tradicional, para atender à clientela que não podia deslocar-se até a loja. Com esse novo modelo de negócios, vendedoras iam até a casa ou local de trabalho de suas clientes para apresentar e demonstrar os sapatos, com a vantagem de deixar os produtos com as clientes para que elas pudessem experimentá-los no conforto de suas casas. Ao oferecer essa praticidade a suas clientes, a Quinta Valentina obteve um resultado surpreendentemente superior às expectativas, e o varejo tradicional deu lugar ao sistema de franchising com vendas diretas personalizadas, gerando uma excelente oportunidade de negócios para franqueados.


Para testar o novo modelo de negócio, foi implantada em São José do Rio Preto a franquia piloto, que serviu de laboratório para o aperfeiçoamento do negócio, elaboração do material de treinamento em atendimento e vendas, e desenvolvimento de ferramentas para a gestão da franquia.


Economídia


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias , Franquias de calçados , Plano de expansão , Moda Feminina , Quinta Valentina