Petland inaugura primeira máster franquia no Espírito Santo

Publicado em 28/10/2015 por Imprensa

O plano de expansão da rede americana para o Estado prevê 15 petshops até 2020, entre lojas próprias e franquias

O Brasil entrou na rota de crescimento da Petland, rede de franquias líder em comércio animais no mundo. Há mais de um ano operando no país, a empresa vem conquistando novos empreendedores, e planeja crescer no pulverizado mercado de lojas de bairro, que corresponde a 69% do market share do segmento. O segredo da companhia é conquistar os clientes por meio da experiência de compra. Todas as lojas oferecem ambientes de socialização que permitem aos visitantes interagir com os pets.


Estabelecida em São Paulo, a Petland segue com o plano de ampliar a cobertura regional por meio de máster franquia. A primeira loja-piloto de Vitória (ES) será aberta na Rua Elesbão Linhares, 71, na praia do Canto, no final do mês de outubro. “O plano de expansão para o Estado prevê 15 pet shops até 2020, entre lojas próprias e franquias”, antecipa Rodrigo Albuquerque, sócio-diretor da marca no Brasil. Para ser franqueado, o investimento começa em R$ 350 mil, com prazo de retorno entre 24 e 36 meses, levando em consideração faturamento de R$ 876/m², dependendo do tamanho da loja. Cinco funcionários é o mínimo estabelecido.


“Conhecemos a Petland através do site da ABF e, após algumas pesquisas, vimos que se trata de uma rede sólida em âmbito internacional e em plena expansão no Brasil. Nos identificamos com o modelo e com as boas práticas adotadas pela empresa, e acreditamos que o mercado pet ainda tem muito a evoluir no país”, diz Lucas Dalla, máster franqueado do Estado do Espírito Santo. Desde jovem ele teve uma convivência com animais pequenos e de grande porte pelo fato da família ter propriedade rural. O empresário investiu aproximadamente R$ 600 mil, considerando obras no imóvel e taxa de máster franquia.


Atualmente, a rede Petland está com 17 unidades, entre abertas e em construção, sendo, 12 em São Paulo, três no Paraná, uma no Espírito Santo e uma em Salvador


“O plano de expansão, via máster-franquia, para a Bahia prevê 25 lojas e para o Paraná 40 lojas até 2020”, conta Albuquerque. A empresa está buscando empreendedores para franquias no Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Distrito Federal e Pernambuco.


Boas práticas
Um dos grandes diferenciais da rede Petland são os ambientes de socialização que permitem aos visitantes interagir com os pets. “Nossos Petlanders são dedicados a combinar o animal de estimação certo com a família certa, para satisfazer as necessidades de ambos por meio das quatro necessidades básicas – ambiente, comportamento, manutenção e nutrição. Por isso, o nosso modelo de negócio faz da Petland o grupo de franquias líder no mundo em comercialização de animais de estimação”, diz Albuquerque.


Ele enfatiza que a rede vende animais somente com chip de identificação e pedigree. “Além de chip e pedigree, seguimos todos os critérios vigentes na lei brasileira e incrementamos com vários diferenciais conforme é feito na Petland USA. A ideia aqui é organizar o mercado, desde o varejo até a indústria e criadores. Bem estar animal sempre em primeiro lugar!”, afirma o executivo. O compromisso da Petland com a saúde e bem estar do animal chamou a atenção da AILA (Aliança Internacional dos Animais), segunda maior ONG do Brasil, que se tornou parceira exclusiva das campanhas de doação que a rede organiza.


Apesar do foco intensivo em uma experiência divertida e interativa de compra, o retailtainment (ou seja, “varejotretenimento”), a rede possui um compromisso muito grande com os animais abandonados. Os números representam bem essa preocupação. A Petland já encontrou lares para mais de 327 mil animais carentes somente nos Estados Unidos


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Novas unidades franqueadas , Franquias , Plano de expansão , petland , franquia de petshop