Ótris inaugura duas novas unidades em março

Publicado em 02/04/2018 por Imprensa

Com a inauguração das operações, a marca chega a treze franquias espalhadas pelo Brasil

Criada em 2010 pelo especialista em finanças Caio Katayama, a Ótris é uma rede de franquias de recuperação de créditos especializada em pequenas e médias empresas. Lançado em Campinas, o negócio chegou, no mês de março, a treze unidades em operação pelo Brasil. Foram inauguradas mais duas operações em modelo home based (Nanofranquia). Uma em Curitiba, capital do Paraná e a outra, em Jandira, na região metropolitana de São Paulo.

“Acreditamos muito no modelo proposto pela Ótris. Os negócios estão, cada vez mais, necessitando de auxílio para recuperar os valores que até então eram tidos como perdidos. A crise deixou alguns reflexos na economia e muitos vêm sofrendo com a inadimplência. Estamos aqui para ajudar”, explica Daiany Fernandes, franqueada de Curitiba. 

Segundo dados do Serviço Nacional de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), cerca de 39% da população brasileira adulta integra a lista de devedores em atraso. 

“Em muitos casos, o empreendedor não dispõe de tempo e equipe para resgatar valores dos clientes. Isso faz com que os casos se acumulem e sejam resolvidos de forma amadora. É sempre necessário contar com a ajuda de profissionais especializados para que o problema não se torne ainda maior. O empresário deve focar nos resultados. A Ótris chega para prestar esse auxílio”, comenta Eduardo Navarro, responsável pela unidade de Jandira. 

Na prática, o ‘nanofranqueado’ é o responsável pelo contato com os devedores para que os valores sejam ressarcidos. Os clientes são indicados pela própria franqueadora, o que faz com que o investidor não precise se preocupar com a prospecção de novos parceiros.  

 “Em meio ao cenário econômico conturbado, é muito comum que boa parte das empresas tenham clientes que não pagam em dia. É praticamente inevitável, mas o prejuízo pode ser minimizado. A Ótris faz a recuperação, mas vai além disso. Procuramos passar para o devedor a importância de pagar as contas em dia e de renegociar as dívidas em atraso”, explica Caio Katayama, fundador e CEO da Ótris.  

Sobre

Com faturamento médio de R$ 6.750,00 por mês, o investimento inicial para abertura de uma unidade da Ótris parte de R$ 10 mil (Nanofranquia), com tempo médio de retorno previsto para quatro meses. A rede ainda conta com o modelo de Microfranquia, de R$80 mil e Padrão, de R$120 mil.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquia , Expansão de franquias , Ótris