Nanofranquia é opção para investimentos de até R$ 25 mil

Publicado em 22/02/2017 por Imprensa

Novo modelo é ideal para quem quer empreender em 2017

Recém-chegadas ao mercado brasileiro de franchising, as nanofranquias despontam como uma solução criativa para quem pretende investir no seu primeiro negócio. Com esse formato, é possível obter lucro de até R$ 5 mil por mês.

O investimento inicial para a operação é de até R$ 25 mil e o melhor: não obriga o franqueado a ter uma loja física. Isso porque, é possível comandar o negócio com poucas ferramentas e diretamente de casa por meio do modelo home based.

De acordo com o fundador e CEO da Flyworld Viagens – considerada a primeira microfranquia de turismo do Brasil –, Paulo Atencia, as nanofranquias buscam uma nova fatia no segmento. “O formato é uma adaptação à realidade econômica na qual vivemos nos últimos anos. Além disso, é ideal para quem quer realizar o sonho de ter o próprio negócio, já que disponibiliza opções de baixo custo para quem vai empreender”, afirma.  

Muitas marcas brasileiras já oferecem opções de nanofranquias, especialmente as ligadas ao setor de serviços. “É o caso da Flyworld Viagens, por exemplo. Com apenas um computador com acesso à Internet e um telefone é possível administrar o negócio de qualquer lugar e ter uma boa rentabilidade”, explica Atencia.

Apesar do pequeno valor ser um dos maiores atrativos das nanofranquias, é necessário colocar em prática as dicas e as orientações da rede escolhida para o negócio dar certo. Entre elas, se dedicar integralmente para o sucesso do investimento, ter conhecimento prévio da área e um bom networking.

Paulo Atencia lista, abaixo, as vantagens das nanofranquias. Confira:

BAIXO INVESTIMENTO

Para abrir uma nanofranquia é preciso investir até R$ 25.500 mil. No caso da Flyworld Viagens, há opções a partir de R$ 15.500 mil.

POUCOS CUSTOS DE OPERAÇÃO

O negócio não exige ponto comercial, não há custos com transporte e não se gasta com tempo de locomoção entre a casa e o trabalho, já que é possível trabalhar em home based.

RÁPIDO RETORNO

Em média, independente de crise econômica, o franqueado consegue retorno rápido do valor investido. No caso da Flyworld Viagens, a média é entre seis e 12 meses.

NETWORKING

Rede de contatos é essencial em qualquer negócio. Em turismo, não é diferente, aliás, é fundamental para a consolidação do negócio. Amigos, parentes, conhecidos, indicados são o caminho do crescimento e das vendas constantes.

DEDICAÇÃO

Ao realizar o sonho de virar patrão, o nanofranqueado precisa ter foco na administração do seu negócio. Para isso, dedicação e determinação são as chaves do sucesso.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias , Microfranquias , Franquias de turismo , Franquias de baixo investimento , Flyworld