Microfranquia é opção para quem quer entrar no segmento do franchising com baixo investimento

Publicado em 12/07/2016 por Imprensa

BagNews e DocScan oferecem opções de negócios que podem ser administradas da própria residência do franqueado

Ter o próprio negócio, investir pouco e trabalhar de casa, este é o sonho de muitos brasileiros, principalmente no momento em que o País atravessa, onde mais de 11,4 milhões de pessoas estão desempregadas, de acordo com dados do IBGE - (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), em relação ao trimestre de março a maio de 2016. Uma opção para quem sonha em se tornar um empreendedor, mas tem pouco dinheiro para investir, são as microfranquias - franquias de baixo investimento e que não necessitam de ponto comercial. O franchising é um dos segmentos que mais cresce no Brasil, mesmo com o País em crise, o setor faturou em 2015 mais de R$ 139 milhões, um crescimento de 8,3% em relação a 2014 e gerou mais de 90 mil empregos, segundo dados da ABF – (Associação Brasileira de Franchising). Para 2016, a ABF projeta um crescimento entre 6% e 8% no faturamento do setor.


A microfranquia BagNews - especializada em vendas de publicidade em embalagens ecologicamente corretas – não exige ponto comercial, ela pode ser operada a partir da própria residência do franqueado, já que a maior parte do trabalho será realizada em atividades externas com visitas para vendas de anúncios. Para abrir uma operação da BagNews, o empreendedor investirá entre R$ 10 mil (para municípios na faixa de 100 mil habitantes) e R$ 22 mil (para as capitais). “A BagNews é indicada para empreendedores com perfil dinâmico e comunicativo, pois seu trabalho será comercializar os anúncios que serão veiculados nas sacolas, além de distribuí-las nos pontos previamente selecionados na sua região”, explica o sócio-diretor da BagNews Salvatore Privitera. O prazo de retorno do valor investido fica entre 8 e 12 meses, e o faturamento médio mensal gira em torno de R$ 24.500,00, com lucratividade bruta de 63%. A sacola BagNews é uma embalagem útil e ecologicamente correta, pois além de ser reutilizável, reciclável e biodegradável, é produzida com papel parcialmente reciclado e impressa com tintas à base de água; o veículo de mídia mais correto ecologicamente disponível no mercado de mídia impressa no Brasil.


Outra microfranquia que não precisa de ponto comercial é a DocSystem DocScan - franquia home office exclusiva para digitalização de documentos. Com investimento de apenas R$ 6 mil (para os 50 primeiros investidores), o franqueado trabalhará com serviços de digitalização e indexação de documentos, além de comercializar os produtos DSCloud GED, ERP e CRM, DSExpress GED/ECM e Max Express GED, da DocSystem. A média de retorno da franquia é de apenas 7 meses e o faturamento do primeiro ano gira em torno de R$ 5 mil por mês, com lucro operacional estimado em 56% sobre os serviços e vendas. Um dos fatores que torna esse modelo mais rentável, é o fato de o franqueado atuar em home office e prestar serviços nas instalações dos clientes. “A DocScan é voltada para pequenos investidores que buscam um negócio rentável e seguro", explica Lecivânia Martins, Vice-Presidente de Marketing e Vendas da DocSystem.


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias de serviços , Franquias , Microfranquias , Franquias de baixo investimento , BagNews , DocSystem , DocScan