Jovem Engenheiro lança franquia de Robótica com foco em crianças a partir de cinco anos

Publicado em 12/05/2017 por Imprensa

No mercado há 15 anos, empresa aposta na parceria com escolas particulares e promete retorno do investimento já a partir do primeiro ano

Que o povo brasileiro é criativo, ninguém duvida. Mas que tal estimular ainda mais esta característica de forma estruturada, ao mesmo tempo divertida, contribuindo para o desenvolvimento da educação e ainda lucrar com isso? É esta a receita de sucesso da Jovem Engenheiro, que oferece cursos extracurriculares na área de Tecnologia, como: Robótica Estrutural, Desenho 3D e Impressão 3D, Animação e Games, Futebol de Robôs, Robô Seguidor de Linha, Construção de Drones. Para sustentar o forte crescimento nos últimos dois anos, a empresa vai lançar seu sistema de franquia no próximo dia 13 de maio, durante o 1º Campeonato Brasileiro de Robótica Estrutural, que contará com mais de 50 alunos de tradicionais colégios de São Paulo e Goiânia. Os vencedores vão disputar um torneio mundial em Las Vegas (EUA), em agosto.

Roberto Piovesan, um dos pioneiros na introdução da robótica no ambiente escolar no Brasil e sócio da Jovem Engenheiro, destaca os benefícios do ensino de Robótica para crianças e jovens: “Atuamos comos parceiros da escola. Os conceitos dados em sala de aula são aplicados de uma maneira lúdica, acelerando o aprendizado do aluno em matérias como Física, Matemática e ainda colaborando para a melhora do raciocínio de forma geral”.

Vantagens de se tornar um franqueado Jovem Engenheiro.

Entre as vantagens de se tornar um franqueado da Jovem Engenheiro, a primeira a chamar a atenção é o Retorno sobre o Investimento, que pode começar já a partir do primeiro ano. O segundo motivo é a flexibilidade, o modelo de negócios permite vários tipos de atuação. Modelo de parceria fixa com uma escola, com cessão de espaço interno para aulas diárias, parceria com várias escolas e também abertura de unidade própria para aulas.

“O mercado é praticamente virgem. As escolas particulares de todo o Brasil estão constantemente à procura de formas para estimular o aprendizado e chamar a atenção da garotada com desafios constantes. A robótica proporciona tudo isso e, neste caso, ainda oferece bons ganhos desde muito cedo”, avalia Marcello Tranchitella, consultor do Grupo Multiply, responsável por apoiar a Jovem Engenheiro no processo de expansão.

O investimento inicial na franquia é de no máximo R$ 111 mil. O faturamento médio da unidade pode chegar a até R$ 50 mil mensais já no primeiro ano. “Ainda damos a opção de entregar o material didático em comodato, o que diminui o investimento inicial para menos de R$ 50 mil”, explica o sócio da Franquia Roberto Piovesan.

Perfil do Franqueado

O perfil do franqueado da Jovem Engenheiro é um dos itens de maior preocupação da marca. “Procuramos pessoas que amem tenham experiência em educação e tecnologia. Saber falar em público e lidar com pessoas é fundamental, além de ter facilidade e familiaridade com a área de Exatas”, destaca Piovesan.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias de educação , Jovem Engenheiro