Ele testou 42 receitas até chegar no cookie perfeito e criar negócio milionário

Publicado em 23/08/2019 por Imprensa

O empresário Rafael Naves testou receitas de cookies de diversos países até encontrar o sabor ideal. Em agosto de 2016, na cidade de Franca, fundou a Duckbill Cookies and Coffee

Durante oito meses, Rafael Naves, fundador da Duckbill Cookies and Coffee, testou mais de 40 receitas de cookies. O objetivo era chegar em um cookie perfeito, que pudesse ser o grande diferencial da cafeteria que planejava abrir. "Eu precisava de algo que fizesse as pessoas terem vontade de voltar. Não poderia ser uma simples cafeteria. Tinha que ter um diferencial", recorda. A missão, concluída com sucesso, originou a primeira unidade da marca, em Franca, no interior de São Paulo, sua cidade natal. A cafeteria estreou com 12 sabores de cookies, além de um café especial, produzido exclusivamente para a marca por uma fazenda da região.

Antes de iniciar esta jornada de testar receitas, o empresário havia se formado em um curso de barista e sommelier de café, o que trouxe muito conhecimento sobre a bebida. "Busquei um parceiro que desenvolvesse um café com excelência, assim como o cookie, e pudesse ser meu fornecedor exclusivo. Esses diferenciais somados ao clima da cafeteria levaram a Duckbill a conquistar sucesso em pouquíssimo tempo", comenta Naves.

Com um ano de atuação, a Duckbill passou a receber diversas propostas para franquear a marca. Em 2018, juntou-se ao Grupo 10X, do empresário David Pinto, para iniciar este processo. "Eu nunca fui conformado, quero crescer cada vez mais. Ao notar o interesse do mercado, fui estudar sobre franquias. Conheci o David e assim nasceu o projeto."

Hoje, o negócio acumula 100 unidades vendidas e mais de 30 em funcionamento. A meta é finalizar o ano com o número de 150 lojas comercializadas em 2019.

:: Empreendedorismo na veia

A gastronomia nem sempre foi o objetivo de Rafael, que desde os 15 anos sonhava em jogar basquete profissional, tanto que cursou Educação Física. Foi nesta época que o espírito empreendedor despertou. "Notei um déficit de comércio na rua da faculdade, então abri um trailer de lanches na chapa. O negócio deu certo e em pouco tempo expandimos, transformando o trailer em um bar coberto", recorda. Após esta experiência, e com a necessidade de uma mudança de vida após a gravidez de sua namorada – e atual esposa-, o empresário se arriscou em outros ramos, como o de calçados. "Abri um escritório de representações de calçados, aproveitando que Franca é um polo deste segmento."

Mas a sua inconformidade com a mesmice o levou a explorar outras áreas. Cursou MBA em marketing e vendas, se matriculou em um curso de barista e desenvolveu sua paixão por gastronomia. "Eu gosto de coisas novas. Sou inquieto. Descobri na gastronomia minha real vocação. Todas as minhas experiências me levaram a um propósito: fazer as pessoas felizes através de um café com cookie especiais", afirma.

:: Conceito diferenciado no mercado

O mascote curioso, que representa a marca, tem um significado bastante conectado com a proposta do negócio. "O ornitorrinco, escolhido como logomarca, é um animal diferente, único, que é visto como a mistura de vários animais. E a DuckBill surgiu com essa mesma proposta, ser diferente, versátil, capaz de atender e agradar todos os tipos de público, do infantil ao mais maduro."

Como o próprio nome diz, cookies e café são os produtos "carros-chefes" da rede, que conta com processos especiais de fabricação, com a valorização da base artesanal, a seleção de matéria-prima de alta qualidade e as receitas que resultam em sucesso e referência em sabor. Quentinhos e saborosos, crocantes por fora e macios por dentro, os cookies se destacam no cardápio e no paladar.

:: Fabricação própria

Hoje, a receita secreta é produzida em uma fábrica com 1000 mt/2, que atende todas as unidades da rede. Foram investidos cerca de R$ 1 milhão no projeto da fábrica, que hoje produz 2 mil unidades por dia, 44 mil cookies por mês. "Continuaremos investindo em nosso carro chefe, a ideia é que até o final de 2019, a fábrica esteja produzindo 120.000 cookies por mês."

Com mais de 30 unidades inauguradas, em estados como, São Paulo, Goiás, Rio de Janeiro e Santa Catarina, e já há planos de expansão internacional. "Temos a meta de inaugurar 500 unidades em 5 anos. Além das regiões brasileiras, acredito que há muito espaço no mercado internacional", conta Naves.

A Duckbill possui quatro modelos de negócios: loja de rua, loja de shopping, quiosque de shopping contêiner. Abaixo estão as fichas de investimento para quem deseja apostar na marca, com valores que vão de R$ 160 mil até R$ 300 mil.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias de alimentação , Franquias de Cafeterias , Duckbill