Dra. Mei reforça a importância da vacinação anual contra a raiva animal

Publicado em 07/08/2019 por Imprensa

Tutores têm a falsa sensação de que seus pets estão protegidos mesmo não aplicando a vacina anualmente

Dados mais recentes do Ministério da Saúde (1) indicam o registro de dois casos de raiva canina em todo o Brasil no ano de 2017. Segundo o Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo, o Estado, por exemplo, não registra um caso humano de raiva pela variante canina desde 1997.

Essas estatísticas têm dado a falsa sensação de segurança para os tutores, que, por vezes, deixam de vacinar anualmente os seus pets. E é por isso que a rede de clínicas veterinárias Dra. Mei, franquia do Grupo Brasil Pet, reforça a importância de manter todas as vacinas em dia.

"Com uma falsa sensação de erradicação da raiva, pelo controle de muitos anos por meio da vacina, muitos tutores pararam de vacinar seus pets anualmente, o que pode ser arriscado para o retorno da doença", explica a médica veterinária e consultora técnica do Grupo Brasil Pet, Cinthya Ugliara.

Segundo a médica veterinária, não somente a raiva, mas muitas doenças infectocontagiosas dos animais podem ser evitadas desde que seja obedecido à risca o calendário de imunizações. E essa responsabilidade não é apenas dos tutores, mas de todos. "É necessária uma força-tarefa de veterinários e prefeituras para levar a informação correta aos tutores. A vacinação é a única forma de proteção contra essa terrível doença", afirma Cinthya.

Afinal, quais vacinas devem ser aplicadas?

Cada país possui o seu grupo de vacinas essenciais, e isso varia de acordo com o exame de casos de cada região. Segundo a médica veterinária, as complementares, apesar de serem indicadas para doenças de menor incidência e gravidade, também são de grande importância para a qualidade de vida do pet.

"Para o Brasil as vacinas essenciais são as polivalentes e a vacina antirrábica, tanto para cães quanto para gatos. Essas duas vacinas devem ser obrigatoriamente fornecidas aos pets. Para cães temos também as vacinas complementares, que são aquelas contra a gripe e a giárdia", explica Cinthya.

A rede de clínicas Dra. Mei dispõe de todas as vacinas necessárias para os pets. 

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias de pets , Dra. Mei