Dona Nuvem, sorveteria mais inovadora (e fofa!) do Brasil, lança sua franquia na Expo Brasília 2018

Publicado em 20/05/2018 por Imprensa

Sucesso absoluto na loja própria da capital paulista e nas redes sociais, a sorveteria Dona Nuvem lança agora sua franquia

A famosa Rua Augusta, na capital paulista, tem a mais charmosa sorveteria da cidade: com filas na porta em todos os finais de semana desde a inauguração, há quase um ano, a Dona Nuvem inovou ao oferecer à clientela uma experiência única de entretenimento ao mesclar sorvete e algodão doce numa única sobremesa, repleta de cor, sabor e qualidade. “Realmente, não vendemos sorvete com algodão doce – ou vice-versa: trazemos uma experiência lúdica e divertida para crianças e adultos por meio de produtos fresquinhos, produzidos na própria loja”, explica Manoel Lima, idealizador da marca. 

Agora, a marca pretende levar a Brasília suas invenções adocicadas: esteve na Brasília Expo Franquias 2018, no stand da consultoria US Franchising, levando o conceito de sua franquia a investidores interessados em abrir unidades franqueadas na capital federal.  “Só decidimos franquear o negócio após muito estudo de mercado, pilotar a unidade própria e conhecer bem o público-alvo, desenvolver produtos, criar um plano estratégico para os próximos anos e formatar todo o conceito com especialistas em franchising. Desta maneira, estamos seguros de que nossa expansão será concreta e de sucesso”, pondera Lima.

 A franquia Dona Nuvem

A Dona Nuvem formatou dois modelos de franquia: loja, ideal para ruas, shoppings e galerias, que exige pontos a partir de 45 m2 e com investimento de cerca de R$ 350 mil, já incluindo a taxa de franquia, e Quiosque, para galerias ou shoppings, com espaço de 9 m2 e investimento médio de R$ 250 mil, também com a taxa de franquia inclusa.

Conforme elucida o franqueador, Manoel Lima, as lojas da Dona Nuvem serão bastante interativas e conectadas, a exemplo da piloto, em São Paulo. “É impressionante como o que nos deu visibilidade foram as redes sociais. As pessoas adoram postar suas fotos com nossos produtos e dentro da loja, diante do nosso letreiro em neon, porque o espaço, como eu citei antes, é lúdico e divertido. Não vendemos apenas um produto, mas, sim, uma experiência única – e continuaremos a fazê-lo, porque temos estratégias que permitirão inovar constantemente”, prevê.

 A ideia inicial da Dona Nuvem é chegar a todas as capitais e também ao Estado de São Paulo, nos próximos três anos. Para 2018, a meta é alcançar dez lojas.

 A Dona Nuvem oferece ao franqueado todo o suporte para abertura de sua unidade franqueada, desde a avaliação do ponto comercial e o projeto arquitetônico até os treinamentos, a transferência de know-how e o suporte operacional completo.

 O mercado de sorvetes

 Foi-se o tempo em que se dizia que o mercado de sorvetes, no Brasil, era sazonal. Atualmente, com o surgimento de novos tipos de produtos, que vão dos gourmet aos orgânicos e veganos, este mercado cresce ano a ano, com perspectiva de ampliação de 81% até 2020, conforme pesquisa da Mintel, empresa global de inteligência de mercado. Segundo pesquisa da Associação Brasileira das Indústrias e do Setor de Sorvetes (Abis), o consumo saltou saltou de 686 milhões de litros, em 2003, para 1 bilhão, em 2016, com destaque para 2014, que teve uma alta de consumo de 1,3 bilhão. O país é o 10º maior produtor mundial e o 11º maior consumidor, sendo o Nordeste a região com maior número de vendas.

Os jovens empreendedores por trás da Dona Nuvem

Foi num período sabático vivido em Londres que o jovem empreendedor especializado em Marketing, Manoel Lima, hoje com 35 anos, conheceu o sorvete soft servido em uma nuvem de algodão doce. Pesquisando a respeito, ele viu que a ideia vinha do Japão e, com algumas adaptações, decidiu implantar algo parecido no Brasil. Ele, então, apresentou a ideia à amiga Joice Cavalcante, outra jovem cheia de ideias inovadoras e muita vontade de trabalhar. Apesar de ter formação em Edificações, Joice aceitou o desafio de aprender a desenvolver sorvetes e receitas e, literalmente, colocou a mão na massa, assumindo a criação das receitas dos produtos da Dona Nuvem, que têm receitas exclusivas e são produzidos nas próprias lojas, em vez de serem industrializados. A dupla uniu as competências e, atualmente, Manoel cuida da Expansão e do Marketing da marca, enquanto Joice fica com a Operação.

Poucos meses depois, o amigo Flávio Lobato uniu-se à dupla, como sócio da loja que, a partir do início da franquia, será a loja-piloto, na qual os franqueados serão treinados.

A Dona Nuvem, portanto, nasceu com a ideia de proporcionar uma experiência divertida e gostosa, com sorvetes e outros produtos que não trouxessem a mesmice e fossem fora do lugar comum, sempre servidos de maneiras inusitadas, criativas e muito saborosas. O público aprovou e fez a fama do lugar, pelo boca a boca tradicional e virtua

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquia , Expansão de franquias , Franquias de alimentação , Franquias de sorveterias , Franquias de sorvetes , Dona Nuvem