Casa do Construtor cresce 14,5% em 2018 e registra faturamento de R$ 223 milhões

Publicado em 11/03/2019 por Imprensa

Para 2019, rede especializada em locação de equipamentos para construção civil espera alcançar um crescimento de 21% perante o ano passado

Em ritmo de recuperação econômica, muitos segmentos do mercado já viram bons resultados no balanço realizado no fim de 2018. O setor varejista de materiais de construção é um deles: registrou um crescimento de 6,5% com relação ao ano de 2017, de acordo com dados da Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco). A Casa do Construtor é uma das empresas que sentiu esse impacto de forma significativa e, superando o mercado no qual está inserida, cresceu 14,5% em relação ao ano anterior.

A rede, que é especializada em locação de equipamentos para construção civil e soluções para o dia a dia, faturou R$ 223 milhões em 2018. Além disso, no ano passado, a marca bateu o recorde de faturamento mensal no último trimestre.

"Crescemos mais que o dobro do segmento de varejo de material de construção e isso foi fruto de um trabalho iniciado em meados de 2016, quando focamos esforços no aprimoramento dos processos de operação das lojas através da metodologia do LEAN", afirma Altino Cristofoletti, sócio fundador da Casa do Construtor.

De acordo com ele, em 2018, a rede reforçou o time de campo no apoio ao franqueado na implantação dos processos de operação e intensificou as capacitações aos colaboradores das lojas por meio de novas tecnologias de ensino a distância "Além disso, melhoramos também o acesso aos dados da loja através de uma nova ferramenta de Gestão ao franqueado, pela qual ele tem acesso remoto a todas informações de desempenho da sua loja", acrescentou.

Atualmente com mais de 260 unidades franqueadas, a rede também está focando na expansão da sua presença em diferentes públicos-alvo. "Além dos pequenos construtores, queremos destacar cada vez mais as nossas soluções voltadas para o público final – que seguem a ideia de 'faça você mesmo' –, como a lavadora de alta pressão, capaz de limpar rejuntes e grandes áreas com maior rapidez, e a extratora, voltada para a limpeza de estofados, carpetes e tapetes", diz Cristofoletti. O empresário ressalta também o treinamento diferenciado que os franqueados recebem para mostrar o uso correto dos equipamentos a seus clientes.

A rede espera chegar a 300 unidades até o final de 2019, além de registrar um crescimento de 21%. "Estamos cada vez mais focados na experiência de nossos clientes e na oferta de produtos e um serviço de qualidade, garantindo a fidelidade de nossa carteira", finaliza Cristofoletti.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias de reparos e reformas , Casa do Construtor