Numa Franquia, o Fornecedor é “O Cara”

Publicado em 21/08/2019 por Imprensa

Por Francisco Conte, Diretor de Marketing do Fran’s Café

Optar por uma franquia é a garantia de que todos os seus problemas logísticos, de qualidade e de padronização de produtos estarão resolvidos, restando a você apenas cuidar de seu próprio negócio, certo? Infelizmente, não.

Esse é o cenário ideal, mas que só existe na prática quando a franqueadora tem ao seu lado parceiros e fornecedores capazes de entregar o combinado, esteja a unidade franqueada onde estiver.

Nesse sentido, ter parceiros de grande porte e de reconhecida capilaridade é fundamental. Eles sempre garantirão que um produto esteja sempre no lugar certo, na hora certa. É o caso das grandes redes de bebidas ou das grandes marcas de alimentos.

Mas eles sozinhos não fazem essa roda da eficiência girar.

É preciso desenvolver a qualidade e a confiança junto a pequenos e médios fornecedores também. Afinal, na maioria das vezes, são eles os responsáveis pelo maior número de produtos de uma cadeia de suprimentos.

E quando falamos em desenvolvimento, falamos fundamentalmente de confiança, coisa que, convenhamos, não se adquire da noite para o dia.

E é aí que entra o papel da franqueadora.

Antes de colocar um produto na Rede, por mais atraente ou lucrativo que ele seja, é preciso garantir para toda a rede fraqueada que esse produto chegue ao seu destino com qualidade, no prazo correto, evitando qualquer lacuna logística.

Mais do que isso, há todo um trabalho anterior de desenvolvimento de parcerias comerciais sólidas, o que só é possível entre empresas também sólidas e com tradição. Na verdade, falamos aqui do velho e bom comprometimento. Sem isso, não há operação de franquias que se sustente, seja ela de que ramo for.

Especificamente na área de alimentos, essa responsabilidade precisa ser ainda maior, porque, no final das contas, não estamos tratando apenas de um café ou de um alimento mais ou menos “gostosos”. Estamos tratando da saúde das pessoas e de seu bem-estar, sem contar a fidelização de marca junto ao cliente final.

Então, pense nisso antes de optar por essa ou aquela franquia. Pergunte, se informe, conheça sua história. E só então escolha seu parceiro de negócios. A chance desse casamento durar por muitos anos será muito maior, tenha certeza.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Investir em franquias , Artigo