Como difundir uma cultura colaborativa no mercado de franquias?

Publicado em 24/07/2019 por Imprensa

Por Lucas Romi, sócio-diretor da Odontoclinic, rede de franquias de clínicas odontológicas

O conceito de colaboração tem ganhado cada vez mais espaço dentro do universo de negócios! Baseado no trabalho em equipe, uma boa liderança, transparência e criatividade, entre tantos outros fatores, esse termo tem por finalidade fazer com que todos os profissionais trabalhem em prol de um objetivo em comum, com sinergia para alcançar os melhores resultados para a corporação.

Para se ter uma ideia, de acordo com estudos da consultoria PWC, anualmente, a economia colaborativa movimenta, em média, US$ 15 bilhões em todo o mundo. Até 2025, a estimativa é que esse valor alcance cerca de US$ 35 bilhões.

Diante deste cenário que se expande de forma rápida em todos os setores da economia global, como traçar estratégias que otimizem essa cultura no segmento de franquias? Quais são os desafios e vantagens? Neste artigo, discutirei sobre o tema, apontando como exemplo experiências ao longo de toda minha trajetória profissional no franchising. Acompanhem!

Desenvolvendo uma cultura colaborativa

Em grande parte dos setores econômicos, principalmente no de franquias, atuar de forma colaborativa é crucial. Afinal de contas, sem o comprometimento e engajamento dos franqueados e de toda a equipe da rede, certamente a marca não conseguirá crescer ou ter sucesso.

Digo isso por experiência própria, uma vez que, em minha atuação com a expansão de franquias na Odontoclinic, me deparo diariamente com o comprometimento dos franqueados em manter a credibilidade da rede, contribuindo com os padrões de atendimento e de serviços, por exemplo.

Mas para que isso ocorra, é preciso que a franqueadora desenvolva uma relação de parceria baseada em confiança e transparência, com foco na experiência do franqueado, para que ele tenha, de fato, orientações, treinamento e suporte para difundir o conceito de colaboração em sua unidade.

Além disso, o trabalho em equipe é fundamental. É preciso que tanto o franqueado quanto a franqueadora se unam em prol da rentabilidade e crescimento da marca. Para tanto, é essencial que haja um trabalho de duas mãos, de modo que o empreendedor cuide dos padrões de qualidade, mas que possa contar com todo o suporte da marca.

É importante, ainda, que exista uma relação de proximidade. Nesse sentido, é possível que as redes franqueadoras pensem em oferecer oficinas, convenções ou palestras com os investidores da empresa, visando buscar as melhores práticas, bem como a troca de experiências que possam otimizar a gestão da franquia como um todo.

Por fim, é fundamental estudar o mercado em que atuam. Ou seja, é importante que a rede e todos os empreendedores estejam alinhados sobre tendências e desafios do segmento e busque por investimentos em tecnologias disruptivas e até mesmo novos padrões de gestão. Com isso, além de criar uma relação saudável, proporciona ações cada vez mais assertivas na busca do crescimento da rede.

Quais são os benefícios reais de uma cultura colaborativa no franchising?

Não há dúvidas, a colaboração é um dos principais pilares para o mercado de franquias. Seja por sua dinâmica ou pela estrutura de gestão, para o sucesso da rede é essencial contar com profissionais engajados, que transmitam o valor da marca.

Dito isso, podemos pensar em grandes vantagens, tanto para a unidade quanto para a rede de forma geral. Afinal, contar com um mindset colaborativo proporciona não apenas uma relação mais próxima entre franqueado/franqueadora, mas também gera negócios mais assertivos e bem estruturados.

Em 2017, por exemplo, graças ao desempenho dos nossos franqueados e de toda a equipe Odontoclinic, recebemos o prêmio Época Reclame Aqui, que prestigiou as melhores empresas para os consumidores. Uma grande conquista, que só foi possível com o engajamento e colaboração de todos os investidores da marca.

Vale destacar ainda que, é com esse mindset que reinventamos a cada dia o mercado de franchising, buscando por inovações, novos métodos de gestão e, principalmente, estimulando a criatividade motivação dos franqueados em prol do crescimento da rede.

Posso afirmar isso pois, graças ao profissionalismo e determinação de todo o time Odontoclinic que fomos chancelados pelo sétimo ano com o Selo de Excelência da Associação Brasileira de Franchising. Conquista essa que foi importantíssima para demonstrar o valor da colaboração e como ela pode trazer grandes frutos para o negócio.

Para finalizar, acredito que essa jornada colaborativa tende a crescer a cada dia, fato esse que é crucial para o futuro dos nossos negócios. Afinal, não é apenas sobre prêmios ou crescimento financeiro, essa cultura também está ligada diretamente ao desenvolvimento do profissional mais engajado, que transmite os valores do negócio em que atua. E, principalmente, é influenciadora na construção de empresas cada vez mais bem estruturadas e que valorizam o diálogo e o trabalho em conjunto!

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias de odontologia , Odontoclinic