Urban Arts mira região Nordeste como foco para expansão de franquias

Publicado em 23/08/2017 por Imprensa

Unidade de Teresina, no Piauí, cresceu 150% nos últimos quatro anos. Meta é abrir galerias em seis cidades.

A Urban Arts, primeira franquia de galeria de artes que conta com quatro mil artistas independentes do Brasil e do mundo cadastrados e mais de 40 mil obras, todas autorais, exclusivas e com tiragem limitada, registrou um aumento de 51% em vendas no primeiro semestre de 2017 em relação ao mesmo período de 2016, ano em que a empresa teve um faturamento de R$ 21 milhões.

A expectativa para o final do ano é abrir mais 14 franquias e atingir um faturamento de R$ 30 milhões. Para isso a rede aposta na expansão das franquias para o Nordeste. A empresa tem como foco as cidades de Aracaju, Salvador, Maceió, Natal, São Luís e Campina Grande.

O objetivo é replicar o bom momento vivido pela unidade de Teresina, no Piauí, até o momento a galeria cresceu 150% em faturamento nos últimos quatro anos. “Nosso faturamento triplicou nesse espaço de tempo. A unidade é muito procurada por arquitetos locais que enxergam a nossa operação como um diferencial”, explica Daniel Solheiro, franqueado da rede desde 2013.

Para o sócio fundador da rede, Gustavo Guedes, a expansão no Nordeste está totalmente ligada ao aspecto cultural e a proximidade da Urban Arts com esta característica.

“Os números da unidade de Teresina nos mostram que temos muito mercado para explorar no Nordeste por ser uma região com uma cultura tão rica. Outra localidade que nos mostra essa crescente é Recife, na qual nosso franqueado possui duas galerias”, explica Guedes.

A prova da estratégia de expansão para o Nordeste é a inauguração de uma nova galeria da Urban Arts em João Pessoa ainda esse ano. Essa galeria vem devido ao sucesso da rede na região. 

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquia , Plano de expansão , Franquias de decoração , Urban Arts