Novas franqueadoras implantam em suas redes conceitos de gestão de grandes empresas.

Publicado em 17/09/2015 por Imprensa

Nas redes Vó, Quero Bolo! e Amiste Café, meritocracia e remuneração variável são adotadas para aumentar o comprometimento dos colaboradores

Uma geração de novas franqueadoras, com executivos vindos do mercado de trabalho, está operando no Brasil. Eles são empreendedores que, num dado momento de suas carreiras, desistiram de ter empregos estáveis para realizar o sonho do negócio próprio. Suas marcas fizeram sucesso e, então, eles passaram a franqueá-las. Porém, a diferença é que, por terem vivido o cotidiano da gestão de grandes empresas, eles replicam em suas redes o que aprenderam e presenciaram.


Dois bons exemplos são as marcas Amiste Café e Vó, Quero Bolo!. A Amiste Café é dirigida por um grupo de sócios, sendo que o responsável pelo franchising é Eduardo Vicente, de 33 anos. Ele sempre atuou no mercado financeiro e na área de importação e exportação de grandes empresas, e aprendeu com elas que a gestão de pessoas é fundamental para o desenvolvimento de qualquer empresa. Por isso, implantou a remuneração variável em todos os cargos da Amiste Café.


A Vó, Quero Bolo!, por sua vez, é dirigida por um perfil bem semelhante de franqueadores, a dupla de ex-executivos bancários Fernando Cachulo e Willians Navarro, também na faixa dos 35 anos. Eles aprenderam, nas instituições financeiras em que trabalharam, que a meritocracia é fundamental para que os colaboradores das empresas se dediquem ao desenvolvimento delas, independentemente do tamanho que elas tenham. Aqui, ambas as empresas contam suas experiências na implantação de estratégicas baseadas em experiências de grandes corporações:


Diante da alta rotatividade de colaboradores vivenciada pelo setor de pequenas e médias empresas, as políticas de gestão de pessoas podem – e devem! – ser aprimoradas de acordo com cada negócio. Para incentivar o comprometimento dos funcionários com os objetivos de suas empresas, os franqueadores Fernando Cachulo e Willians Navarro, da Vó, Quero Bolo!, e Eduardo Vicente, da Amiste Café, adotaram práticas de incentivo e gestão de em suas respectivas redes.


Criada em dezembro de 2013 pelos sócios Fernando Cachulo, de 37 anos, e Willians Navarro, de 33 anos, atualmente, a Vó, Quero Bolo! conta com seis unidades próprias e uma franquia na cidade de Campinas. Já a Amiste Café foi estruturada em 2012 pelo empresário Eduardo Vicente, de 33 anos, e possui quatro unidades próprias em Londrina (PR), Campo Grande (MS), Maringá (PR) e Belo Horizonte (MG) e uma franquia em Curitiba (PR).


Após inovarem nos negócios, oferecendo ao mercado bolos caseiros e aluguel de máquinas de café e insumos, os jovens empresários também apostaram em modelos de gestões compatíveis com as propostas de suas marcas. O histórico profissional de Cachulo, Navarro e Vicente os ajudou a implantarem essas políticas em suas redes, fazendo com que os empreendedores passem a representar a nova geração de franqueadores, que atua focada em profissionalismo e visando resultados.


Leia aqui o case da Amisté Café


Leia aqui o case da Vó, Quero Bolo!


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias, Gestão de franquias, Vó, Quero Bolo, Amiste Café