Dídio Pizza é pioneira, lança Chatbot e vende pizza via Messenger no Facebook

Publicado em 28/07/2017 por Imprensa

Para pedir pizza online não precisa mais nem abrir o aplicativo de delivery. Rede paulistana é a primeira pizzaria a investir em inteligência artificial para vender via redes sociais

Para pedir uma pizza da rede paulista Dídio Pizza não é mais necessário nem abrir o aplicativo de delivery. Por meio da ferramenta Chatbot, que une inteligência artificial e o Messenger, a rede começou a vender pizzas pelo Facebook em um processo que não leva mais que 1 minuto.

Para comprar, o cliente só precisa abrir a janela de mensagens inbox na fanpage oficial da pizzaria no Facebook e seguir os passos indicados pela ferramenta que responde automaticamente ao que é pedido. Textos intuitivos e simples garantem a rapidez e a assertividade no atendimento.

O pedido é encaminhado para a central da rede de pizzarias que o repassa para a loja mais próxima ao cliente. Nas primeiras semanas, a ferramenta ainda oferece uma vantagem extra: os pedidos feitos por este canal não possuem taxa de entrega.

“Os canais de venda mudaram, assim como o perfil dos clientes. O telefone não é mais o único meio para se pedir uma pizza. A popularização dos smartphones e a facilidade de acesso à internet fizeram com que a maneira de pedir pizza mudasse. Aplicativos de delivery de comida e o aplicativo da própria rede são canais importantes hoje e até o final do ano espera-se que 40% dos pedidos venham por esses meios. Porém, tem sempre que se ir além”, explica Elidio Biazini, diretor da rede.

No mercado há mais de 20 anos, a Dídio Pizza se tornou uma das referencias em delivery de pizza em São Paulo.  Com 26 lojas, um faturamento consistente na casa do R$31 milhões e 560 mil pizzas vendidas a cada ano, o sucesso, acredita Elídio Biazini, se deve a busca constante por inovação. Outro exemplo de sucesso dos canais de venda online é o aplicativo próprio DidioNow que desde o lançamento em março do ano passado já atendeu mais 35 mil pedidos. Hoje, ele representa 16% das vendas junto com o e-commerce Dídio Now. A meta para 2017 é que essa porcentagem chegue a 40%.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquia , Franquias de pizzarias , Inovação no setor de franquias , Dídio Pizza