Brasil lança a primeira franquia da América Latina no setor advocatício

Publicado em 04/05/2015 por Imprensa

Investimento na franquia criada pela Selem & Bertozzi, empresa especializada na área de gestão e marketing jurídico, gira em torno de R$ 45 mil

Abrir o próprio escritório é o desejo de muitos advogados. Mas lidar com a gestão da empresa não é uma atividade fácil para quem não estudou ou tem experiência com empreendedorismo. Com o objetivo de auxiliar na administração de escritórios, a Selem & Bertozzi Consultoria lança a primeira franquia de gestão de negócios de advocacia do país.


De acordo com Lara Selem, franqueadora da empresa, a Selem & Bertozzi cria planos de negócios para escritórios advocatícios, elaborando estratégias de marketing e fazendo toda a gestão financeira e de pessoas para escritórios contratantes. Os projetos elaborados pela empresa duram, em média, de oito a 12 meses.


A consultoria tem sua própria metodologia de gestão de negócios na área jurídica, a qual os franqueados devem seguir na execução dos projetos.


Segundo Lara, a ideia de criar a franquia surgiu porque as faculdades de direito no País não preparam os futuros advogados para serem empreendedores. “Essa ideia tem quase 20 anos, sempre atuamos com consultoria em escritórios de advocacia. A demanda no Brasil inteiro é tão grande que percebemos que não estávamos dando conta sozinhos”, diz.


De acordo com a consultoria, há 835 mil advogados atuando no Brasil e a previsão é que, em 2018, esse número ultrapasse 1 milhão de profissionais. Para a empresa, essa perspectiva faz com que o tipo de franquia nasça com um grande número de potenciais novos clientes.


O negócio também inaugura um novo setor de franquias no País. Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), não há outras empresas licenciadas atuando no mesmo ramo atualmente.


O investimento inicial para abrir uma franquia da Selem & Bertozzi é, em média, de R$ 45 mil – variando de R$ 25 mil a R$ 75 mil, conforme a demanda de escritórios na região. De acordo com Lara, o franqueado tem retorno do investimento em cerca de nove meses.
As primeiras franquias da consultoria devem ser lançadas no início de maio, em Santa Catarina e no Mato Grosso do Sul. A expectativa da empresa é ter 40 unidades em todo o País até 2018 e, em seguida, expandir os negócios para países como Argentina e Chile.


A franquia tende a atrair, por exemplo, advogados que se interessam por gestão em seu próprio setor e administradores que queiram atuar no mercado jurídico.


Ex-Libris Comunicação Integrada


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Investir em franquias, Franquias, Inovação no setor de franquias, Aspectos jurídicos das franquias, Jurídico