Pague e saia

Publicado em 03/11/2015 por Imprensa

“O desconforto proposital” no espaço de atendimento e outras medidas surpreendentes adotadas pela Dídio Delivery para garantir o conforto final de seu cliente. Não entendeu? Saiba mais

Imagine que você precisa pensar no layout de sua loja franqueada. Algumas regras são universais. Afinal, você deseja que o cliente fique um bom tempo no ambiente da loja, certo? Bem, repense esse paradigma e considere que cada franquia é única. E mais: há negócios que precisam se reinventar continuamente, como é o caso da Dídio Delivery.


Ou, nas palavras do diretor da franquia, Elidio Bizaini:
“A Dídio pizza não para de inventar: mudanças em seu projeto arquitetônico, melhoria continua nos processos, implantações de novas tecnologia e, principalmente, lançamento de novos produtos”, diz ele.


Esse processo de inovação contínuo teve início há 20 anos, quando a Dídio iniciou suas atividades no mercado de delivery de pizzas. Hoje a franqueadora tem 23 unidades em funcionamento na capital paulista, ABC e em algumas cidades do interior de São Paulo, como Campinas, Jundiaí e Vinhedo.


A rede se utiliza de algumas estratégias peculiares em sua expansão. Um exemplo é o geomarketing, ferramenta que permite que empresas determinem a localização de seus pontos de venda para que alcancem melhores resultados. Mas, depois de escolhido o ponto, como deve ser o layout dele? O que funciona melhor para um delivery? Será que deve-se observar o mesmo cuidado nesse tipo de ambiente?


Conversamos um pouco mais com Elidio Biazini para saber as respostas.


Mapa das Franquias: o que levou a Dídio a investir numa mudança de layout? Como era e como ficou?
Elidio Biazini: Menor custo ocupacional e investimento em obras, maior oferta na seleção de pontos comercias. Antes necessitávamos de 130m2, hoje conseguimos instalar uma loja em 80 m2. Retiramos paredes divisórias, não temos mais estoque separado, o fornecedor entrega semanalmente. Restringimos a área de atendimento em máximo 5m2, nosso público que vai até a loja representa somente 10% vendas.


Mapa das Franquias: Foi feito um trabalho com alguma consultoria / empresa de arquitetura/ marketing para atingir o resultado desejado?
Elidio Biazini: Sim, com a Rizzo Franchise, consultoria com engenheiro.


Mapa das Franquias: Trabalhando apenas com delivery, qual o impacto desse visual na percepção do consumidor? Como foi a reação dos clientes?
Elidio Biazini: O desconforto do espaço de atendimento proposital foi compensado em fazer o pedido, pagar e sair da loja em 10 minutos.


Mapa das Franquias: Qual o impacto desse investimento na lucratividade da empresa?
Elidio Biazini: Sim, diminui o valor em obras em 20%, aluguel em 5% e investimento no estoque em 15%.


Mapa das Franquias: Como a crise econômica está afetando a franquia? Dá para crescer em meio a tantas dificuldades, quais os planos para 2016?
Elidio Biazini: Não afeta diretamente nosso negócio, porém o crescimento está lento; em 2016 nossa expansão está focada no interior de SP.


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias, Franquias de pizzarias, Geomarketing para franquias, Rizzo Franchise, Dídio Pizza, Franquias de delivery, Elídio Biazini