Franquia Mundo Cheff compartilhará vendas do e-commerce com franqueados

Publicado em 14/07/2015 por Imprensa

Rede de utensílios culinários adota medidas para aumentar faturamento das unidades em mais de 20%

A crescente relevância das vendas online pode preocupar quem pensa em abrir uma loja franqueada. Para que o e-commerce da marca seja visto como um parceiro, e não um concorrente, a Mundo Cheff , franquia de utensílios culinários, decidiu incrementar o faturamento de suas unidades com uma ferramenta de repasse de pedidos da loja virtual da marca, gerida pela franqueadora. A ideia é prover um aumento do faturamento mensal ao novo franqueado de até 20%.


O funcionamento é simples: quando a loja virtual receber um pedido, ele será redirecionado à unidade mais próxima do CEP de entrega, que fica responsável pelo delivery do produto. “Queremos descentralizar as vendas do site e oferecer ao franqueado uma forma adicional de faturamento”, afirma Rodrigo Chiavenato, sócio da Mundo Cheff, ao lado de Ronaldo Chiavenato. Segundo ele, hoje o e-commerce fatura como uma loja física – até R$ 50 mil mensais.


Com a novidade, a gestão das vendas virtuais continuará a ser da franqueadora, porém o valor recebido será repassado à unidade que fará o delivery. Chiavenato reforça que haverá uma melhora no atendimento personalizado, logística de entrega e prazo de envio ao cliente. “Nosso objetivo é fazermos das unidades nossas parceiras, e não concorrentes. No final, todos saem ganhando”, diz.


Ainda pensando em novas opções para incrementar a receita dos franqueados, a Mundo Cheff desenvolveu nos últimos 12 meses um treinamento específico para vendas corporativas. A loja modelo, localizada em Pinheiros, por exemplo, tem firmado contratos de fornecimento de utensílios para bares e restaurantes da região. A intenção é replicar este know-how de adicional de faturamento aos futuros franqueados. “Lidar com estabelecimentos é diferente de atender o consumidor final. Há um modo específico de abordagem e outras formas de negociar”, explica Ronaldo. Os sócios estimam que essa estratégia também possibilite um acréscimo de até 15% no faturamento.


Primeira franquia de utensílios culinários certificada pela ABF (Associação Brasileira de Franchising) no país, a Mundo Cheff oferece cerca de 1.200 itens de variadas marcas, desde as tradicionais Tramontina e Kyocera até descoladas como Joie e LOL. As franquias possuem 50 m² e o investimento total com capital de giro, estoque e taxa de franquia é de R$ 190 mil. O retorno vem em até 24 meses e o faturamento gira ao redor de R$ 40 mil por mês. A meta para 2015 é lançar dez unidades nas regiões Sul e Sudeste


Press Works


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Novas unidades franqueadas , Franquias , ABF , E-commerce , franquias de culinária