Vantagens e riscos de buscar investidores para sua franquia

Publicado em 24/09/2015 por Rosana Fernandes

Um dos maiores limitadores para a realização do sonho de abrir a própria franquia é o orçamento para investimento inicial. Muitos empreendedores, apesar de possuírem disposição, grande interesse e habilidades para abrirem seu próprio negócio, se vêem diante desta barreira.


Uma das saídas para se livrar deste impedimento é a captação de recursos junto a investidores. Estes investidores, basicamente podem ser divididos em três tipos principais:
• Familiares e amigos,
• Investidores em capitais de risco (investidores anjo, venture capital e private equity)
• Linhas de fomento e subversão (instituições públicas de apoio)


Tipos de investidores e os riscos envolvidos
Investidores familiares e amigos costumam ser o tipo de captação de recursos com menor custo, pois normalmente não exigem pagamento de juros e o retorno do valor é firmado com base na confiança entre as partes.


Embora seja a forma mais fácil e barata de obter recursos para investimentos, o maior problema é com relação ao estabelecimento do prazo de pagamento e um dos maiores riscos é da interferência do relacionamento pessoal na vida profissional.


Investidores em Capitais de risco são aqueles que apostam aportar capital em empresas, com objetivo de obter alto retorno com participação nos lucros. Cada uma das modalidades: investidores anjo, venture capital e private equity possui uma forma diferente de aplicação do investimento e negociação.


Para selecionar a alternativa mais ajustada às necessidades de uma franquia, dependerá do estágio de maturidade do negócio; se está na fase inicial de expansão, se já está consolidada no mercado e busca novas alternativas para desenvolvimento e crescimento em novos mercados; ou está em outro momento.


Entre os principais riscos e desvantagens deste tipo de captação de investidores está a perda de autonomia em parte dos processos, já que algumas negociações envolvem a concessão de participação societária e concessão de informações mais detalhadas sobre o processo administrativo e financeiro.


As linhas de fomento e subversão são formadas por instituições públicas que optam por apoiar pesquisas e desenvolvimento de novas soluções aplicadas em negócios.


É possível obter apoio financeiro com investimentos para aplicar soluções inovadoras aos negócios de diversas áreas, servindo como base inclusive para franquias em busca de recursos para aprimorar seus negócios.


Para ter acesso a estes investidores, é preciso acompanhar os lançamentos de editais e se cadastrar junto aos portais que fornecem estas informações. Como principais dificuldades e problemas envolvidos estão:
• A alta concorrência,
• O orçamento volátil para financiar novos projetos
• A rigorosidade dos pré-requisitos para habilitação à concorrência
• O risco de indisponibilidade quando houver cortes nos orçamentos dos projetos


Conseguir um investidor pode ser uma ótima forma de viabilizar o sonho de lançar sua própria franquia, também pode ajudar a expandir seus negócios como máster franqueado ou até mesmo, ajudar franqueadores a expandirem suas redes em novos mercados ou adotando novas tecnologias.


Para ter sucesso basta considerar os principais riscos envolvidos na captação de novos investidores, se preparar para eles e manter o foco no compromisso de quitar esta dívida o quanto antes, mantendo bons resultados e o foco no desenvolvimento da franquia ou da rede.


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Investir em franquias, Franquias, Franquear