Setor de Suplementos Alimentares Prevê Crescimento de 15%

Publicado em 17/10/2016 por Imprensa

Resultado aponta mudança nos hábitos de consumo dos brasileiros. Categoria de proteínas representam 66% do total de vendas.

O setor de suplementos alimentares espera fechar o ano com um crescimento de 15% em relação ao período anterior. O faturamento em 2015 foi de R$1,35 bilhão. O resultado se torna mais expressivo quando considerado o cenário atual da economia no Brasil, fazendo com que o segmento se destaque ao manter o crescimento constante apresentado nos últimos anos. 


A análise, feita pelo presidente da Brasnutri, Synésio Batista da Costa, comprova que o desempenho do setor em 2016 permanece, demonstrando que o consumo de suplementos alimentares tem se tornado um hábito na vida dos brasileiros. "Temos um mercado interno forte e promissor, podemos notar o progresso que tivemos no ano passado e que ainda temos muito a conquistar", destaca Synésio.


O crescimento, segundo Synésio, é composto pelo aumento de pessoas que desejam mudar o seu estilo de vida. Para quem inicia a pratica de exercícios em busca de saúde e bem-estar, pode alcançar estes objetivos por meio da alimentação equilibrada e o consumo de suplementos alimentares. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a expectativa de vida no Brasil aumentou, este é outro importante indicador social que serve para avaliar o interesse da população em viver mais e melhor. "O setor em geral se mantém. O cenário é de progresso e há razões para isso, pois o que mais as pessoas almejam é viver com qualidade de vida. O perfil do novo consumidor é aquele que busca orientação profissional, com interesse de aumentar sua perfomance no dia-a-dia e manter a saúde", explica. O maior impulsionador desse marcado é a expansão da classe média.


Os suplementos alimentares que ganham relevância estão relacionados à categoria de proteínas, que representam 66% do total da venda de suplementos no Brasil, sua popularidade é maior entre os consumidores que são atletas, desportistas e praticantes de atividade física. Para atrair o consumidor, nos últimos anos as empresas apostaram no constante lançamento de produtos inéditos e inovadores para o mercado nacional. Foram criados suplementos para quem é adepto da alimentação vegana, pessoas que possuem intolerância à lactose, alérgicos a corantes, além dos produtos para emagrecimento com ativos que favorecem a perda de peso saudável e segura.


Com mais de 8 mil pontos de venda espalhados pelo Brasil, que englobam as lojas especializadas ou body shops, farmácias, lojas virtuais (e-commerce) especializadas no segmento e lojas de produtos naturais, o setor considera indícios de aumento para o próximo ano. "Ainda há muito espaço para crescer", diz o presidente da Brasnutri.


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias, Franquias de suplementos alimentares, Pesquisas, Economia e Mercado