Rede permite que franqueado tenha sua própria franquia de distribuição de cervejas artesanais

Publicado em 28/06/2018 por Imprensa

A Confraria Paulistânia foi criada em 2013 pela importadora de cervejas Bier & Wein com o objetivo de aumentar a presença de suas marcas no Brasil

De acordo com a pesquisa Sentimento do Consumidor da consultoria McKinsey, os brasileiros estão escolhendo marcas mais baratas na hora de comprar o leite, sucos, arroz e macarrão. Por outro lado, na hora de escolher a cerveja, esses mesmos consumidores estão optando por marcas mais caras. No ranking de viés de migração para marcas mais caras, a cerveja ficou no topo, sendo que o vinho conquistou o segundo lugar. O motivo é que os brasileiros estão optando por qualidade do que quantidade. De olho nesse crescimento, a Bier & Wein, maior importadora independente de cervejas no Brasil, decidiu criar sua própria franquia, a Confraria Paulistânia.

O objetivo da rede é aumentar a distribuição da Paulistânia, marca própria da Bier & Wein, e também das marcas que são importadas com exclusividade para o Brasil. Hoje a Bier & Wein importa mais de 50 rótulos, incluindo a Erdinger, cerveja de trigo mais consumida do mundo. “Nosso objetivo até o final de 2019 é inaugurar mais 40 unidades com foco em regiões do sul e sudeste como interior de São Paulo, Rio de Janeiro e Santa Catarina.”, explica Júlia Breitenbach, supervisora de franquias. A expectativa positiva se deve ao fato do setor de franquias conseguir manter um bom desempenho apesar da instabilidade econômica. No primeiro trimestre desse ano, o setor faturou R$38,762 bilhões, de acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Como funciona

O franqueado, dentro de um determinado território de atuação, se torna o distribuidor de todas as marcas do portfolio da Bier & Wein, atendendo comércios varejistas, tais como bares, restaurantes, empórios, hotéis, mercados, padarias e lojas de Conveniência. A Confraria Paulistânia permite que o franqueado trabalhe em uma estrutura simples: poucos funcionários, baixo custo fixo, imóvel em torno de 150m2 sem necessidade de seguir um padrão arquitetônico e a possibilidade de optar por carro de entrega próprio ou terceirizado. “As cervejas especiais caíram no gosto do brasileiro então é um mercado que está crescendo cada vez mais no país e se tornou uma ótima alternativa de renda”, afirma Júlia.

Além da distribuição de cervejas, o franqueado pode atuar em diversos outros canais, tais como: delivery de chope, atendimento a eventos como feiras e casamentos, participação em  eventos de cervejas e food trucks além de atendimento ao consumidor final. Atualmente a rede possui seis unidades em regiões como São Paulo, Maranhão e Paraná.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias de bebidas , Franquias de cerveja