Produtos de uso compartilhado impulsionam consumo da cesta de beleza

Publicado em 20/09/2016 por Imprensa

Dados são do Consumer Insights, estudo elaborado pela Kantar Worldpanel

A cesta de higiene e beleza se recuperou tanto em unidades quanto em valor no primeiro semestre de 2016 em comparação com o mesmo período do ano passado. De acordo com dados do Consumer Insights, elaborado pela Kantar Worldpanel, os lares com cinco ou mais pessoas são os grandes responsáveis pelo resultado. Um dos motivos que levaram esses domicílios a alavancarem a compra dos itens foi o uso compartilhado. O levantamento revelou ainda que esse tipo de produto apresentou crescimento de valor (7,5%), unidades (4,5%) e preço médio (4,2%) no período. Destacam-se aí as seguintes categorias: desodorante aerosol, lâminas de barbear com três unidades e absorvente noturno.


O estudo apurou ainda que os artigos de formatos específicos, mesmo custando mais do que as versões tradicionais, têm conquistado cada vez mais os brasileiros. Isso ocorre porque o consumidor se acostumou a fazer escolhas inteligentes, nas quais opta por desembolsar um pouco mais quando vê benefícios na aquisição. O desodorante aerosol, por exemplo, é visto pela população como mais refrescante, mais eficiente contra a transpiração e possuidor de uma fragrância agradável. Já o creme dental refrescante é apontado como mais eficaz contra o mau hálito, enquanto as lâminas de barbear com três deixam a pele mais lisa e macia, aparam o pêlo mais rente e duram mais.


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias , Franquias de beleza , Setor de beleza , Pesquisas , Economia e Mercado