Por que nem sempre vale a pena investir em uma franquia famosa?

Publicado em 23/03/2017 por Imprensa

Por José Carlos Fugice Jr, sócio fundador da GoAkira Consultoria Empresarial.

Empreender em franquia, comprar uma operação, investir em uma marca é o sonho de muita gente. Mas por ser uma operação que envolve muito dinheiro e alguns riscos a maioria das pessoas da mais atenção as marcas que já estão consolidadas e são mais famosas. O ponto é que apesar do que ditam as aparências, não é só nas grandes franquias que existe potencial para um negócio lucrativo.

A maioria das marcas que são consideradas pequenas podem valer muito o investimento. O fato de explorarem novos mercados ainda pouco competitivos pode ser um grande diferencial. Além disso, uma franquia iniciante que esta se sustentando em um mercado regional esconde atrás da "primeira visita" que ela possui um produto ou serviço incrível e extremamente rentável. As franquias de maior sucesso nascem do êxito de uma ou mais lojas próprias. O crescimento nas vendas incentiva a abertura para o modelo de franquias e, depois disso, cresce a fama.

Um caso relativamente recente é o da Sodie Doces, atualmente considerada a maior franquia especializada em bolos artesanais do país. A empresa começou como uma loja na cidade de Salto, interior do estado de São Paulo e hoje possui mais de 270 lojas em todo o país. Ninguém discute a qualidade dos produtos oferecidos pela marca. Quando uma empresa apresenta algo de valor, o mercado reconhece isso.

Para o investidor que está pensando em abrir uma franquia, antes de correr para as grandes marcas, vale a pena uma boa pesquisa e avaliação nas menores. Pra que esse estudo dê certo é necessário ficar de olho em alguns aspectos. Primeiramente, “todo mundo tem alto índice de qualidade”. Não é um exagero, toda empresa se apresenta assim. Muitas delas têm mesmo produtos e serviços de grande valor em seu segmento, porém, algumas oferecem serviços e produtos ruins.

O segundo fator é formatação da franquia, mesmo sendo nova no mercado ou pequena, a COF – Circular de Oferta da Franquia precisa estar bem feita e embasada no modelo correto de negócio. Pra se certificar procure a consultoria que ajudou na formatação.

Também vale a pena observar o atendimento, gestão da produção e da mão de obra, processos internos. Se a marca tiver uma empresa terceirizada para ajudar nessa gestão da rede certamente será uma franquia segura para o investimento.

Resumindo, não há isso de determinar o sucesso pela fama. A fama traz muitas complicações, traz competição, altos custos, mercado saturado e nem sempre o modelo usado é o melhor. O potencial das marcas desconhecidas existe e pode ser explorado. A ideia é poder analisar se o valor do investimento está proporcional ao modelo de negócio confrontado com a dedicação aplicada e o suporte da franqueadora. Se há embasamento e mercado potencial, há meios de tornar algo subestimado, grande.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Investir em franquias, Sodiê Doces, COF