Planejar é o segredo para economia financeira e viagem tranquila

Publicado em 27/10/2016 por Imprensa

Rede de franquias Encontre Sua Viagem dá dicas para quem pretende realizar viagem de fim de ano

Férias, feriados, festas de fim de ano, datas comemorativas. Basta aparecer uma oportunidade e já pensamos em realizar aquela viagem. Seja para perto ou para longe, especialistas garantem que planejar os dias em que for ficar fora de casa é crucial para uma viagem sem stress e sem grandes surpresas negativamente financeiras.


O Natal e o réveillon já estão ai, e a dica é valida para essas datas desde agora. Henrique Mol é diretor executivo da Encontre Sua Viagem (franquia de turismo especializada em serviços turísticos), de acordo com ele a prática de esboçar os dias de folga é sinônimo de economia. “Se programada com antecedência, os preços de pacotes ficam mais em conta, sem falar na possibilidade de parcelamento. Além disso, em alta temporada, muitos hotéis e resorts trabalham com capacidade total. Se deixarmos para fazer reservas em cima da hora, a chance de não encontrarmos lugar é alta. Recomendamos planejar uma viagem nacional de três a seis de meses de antecedência e a internacional de 12 a 9 meses”, explicou.


Mas como planejar? No que pensar? Quais itens devem ser avaliados? No caso, as considerações são tantas que às vezes corremos o risco até de esquecer. Mas o empreendedor, experiente na área, revela os principais tópicos para que tudo ocorra bem! Anote: O primeiro passo é definir o local de estadia e comprar passagens. “Contratar um pacote de agência é uma opção bem legal de ser avaliada, isso porque a medida proporciona comodidade ao viajante que não precisa pesquisar roteiros e atrações turísticas”, falou o profissional.


Outra orientação é sobre a organização dos gastos. “Reservar uma quantia para alimentação, compras, lazer e afins, ajuda a manter o controle e evitar excessos. É preciso que haja um limite de gastos”, relevou.


O viajante deve se atentar a mais detalhes, como por exemplo, o clima do local. “Se quiser ir a uma estação de esqui, então se devem preparar as roupas adequadas. Dê preferência por locais no qual você domina a língua, isso facilitara a comunicação. Procure hotéis que fiquem localizados próximos às principais atrações ou próximos dos aeroportos. Avalie estabelecimentos, as normas internas e de cancelamento. Faça um roteiro que combine com o tipo de viagem: se for a dois, vá a restaurantes românticos e passeios que inspirem. Se a viagem for em família, procure atrações que agradem à criançada. Em casos de parques temáticos, o ideal é comprar o ingresso com antecedência para evitar gigantescas filas. Procure por voos que se encaixem nos horários para que não ocorra atrasos”, auxiliou Mol.


Além disso, é preciso preparar a documentação necessária para a viagem. “Vai precisar de passaporte? Visto? Você já possui o documento? Já sabe onde providenciar? Em caso de viagem para o exterior é imprescindível dispor de um seguro-viagem e comprar a moeda local ao invés de usar o cartão”, disse o diretor.


Henrique diz que no caso da moeda, aderir à estrangeira é melhor que concentrar as compras em cartão de crédito. “Isso porque a elas são tributadas em 6,38% e o consumidor não sabe quanto vai vir no fim. A conversão da moeda estrangeira para o real só acontece no dia do fechamento da fatura. Mas ainda assim recomendamos informar à operadora de crédito sobre a viagem porque pode acontecer uma emergência, e o cartão precisa estar habilitado para ser utilizado”, falou.


Quem deixa para última hora pode encontrar alguns estorvos no caminho, como altos preços, baixa disponibilidade de hotéis e ingressos para atrações esgotados - causando impacto importante no orçamento. Mas para quem não se programou e resolveu viajar de última hora, fazer alguns sacrifícios pode ajudar. “Se a passagem está mais cara, opte por hospedagem mais simples e reduza as compras. O segredo é não se endividar durante as férias a ponto de se prejudicar nos meses seguintes. E pesquise bastante!! As cias aéreas costumam fazer promoções aos fins de semana. Acompanhe e pode ser que você consiga encontrar bons preços”, ressaltou o empresário.


Dicas de viagens


Para quem pensa em conhecer outras regiões neste fim de ano, Henrique sugere: “No Brasil indicamos Porto Seguro (BA), Rio de Janeiro (RJ), Natal (RN) e Jericoacoara (CE). No exterior: Estados Unidos (Nova York, Miami e Orlando), Paris e Punta Cana”, falou. Esses locais são muito procurados pelos turistas e oferecem, cada um em seu estilo, passeios inesquecíveis.


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias , Encontre sua Viagem , Franquias de turismo