O sabor do café da roça virou franquia

Publicado em 27/12/2018 por Luiz Marcondes

Cheirin Bão leva cafés artesanais a grandes centros urbanos com simplicidade e qualidade, entenda

Mais do que meros pontos de venda, os quiosques e lojas da Cheirin Bão recriam a atmosfera de Minas Gerais com todo “sotaque” e jeito mineiro. Presente em quase 20 estados, esses locais tão especiais comercializam cafés artesanais tipo exportação mas com “sabor de roça”, ou seja, autenticidade e simplicidade. É o que explica Wilton Bezerra, diretor da empresa na entrevista a seguir. Confira.

Mapa das Franquias: Como surgiu a rede e como se tornou franquia?

Wilton Bezerra: Estando no Sul de Minas Gerais (São Lourenço) não é muito difícil vivenciar o dia a dia deste mundo de roça e café. A região em que estamos é considerada uma das maiores em produção de cafés especiais. Por onde andamos e para onde olhamos provamos cafés de qualidade e uma culinária que se comenta em todo nosso país. O mineiro tem essa característica de simplicidade em cada momento do dia e valoriza suas riquezas naturais (como é o caso café).

Participamos disso em nosso cotidiano e vivemos esse universo tão forte do café, que gera tantos emprego. Essa experiência recorrente fez surgir a ideia inicial da cafeteria artesanal Cheirin Bão, queríamos levar esse conceito de roça e possibilitar a todos os brasileiros terem acesso a cafés de qualidade, com um preço justo.

A cafeteria fez sucesso, ela era o primeiro quiosque com este conceito e que fornecia cafés moídos e coados na hora. Esse conceito artesanal foi ficando tão forte e cada vez mais pessoas buscando essa característica mineira em nosso quiosque que decidimos transformar a cafeteria artesanal em Empório Mineiro e além dos cafés especiais fornecer produtos típicos mineiros mais raros de se encontrar em outros locais.

Feito para quem ama café

Mapa das Franquias: Qual o grande diferencial da Cheirin Bão? No que ele beneficia o consumidor e como afeta o franqueado?

Wilton Bezerra: O Empório Mineiro Cheirin Bão tem como proposta levar a roça para os grandes centros urbanos. Com os aromas e sabores mais apreciados da culinária mineira, criamos um empório artesanal que resgata as raízes e as lembranças do cafezinho moído e coado na hora. Mas não um café qualquer, um café especial de grãos manualmente selecionados, tipo exportação, 100% arábica, de edição limitada, tipo Bourbon amarelo. Um dos mais difíceis de produzir, mas um dos grãos que geram os melhores blends. Um café que antes era consumido apenas fora do Brasil.

Mapa das Franquias:Quem consome esse tipo de café diferenciado aqui?

Wilton Bezerra: Amantes de cafés especiais. Quem está procurando produtos mais puros para seguir uma dieta saudável. Curiosos pela experiência.

Mapa das Franquias:Qual o perfil ideal do franqueado?

Wilton Bezerra: Empreendedor. Que coloca a mão no negócio, que veste a camisa da sua marca e entende que precisa da sua pessoa para funcionar. 

Mapa das Franquias:Como é o treinamento oferecido ao franqueado?

Wilton Bezerra: O treinamento passa pelo teórico e prático, feito inicialmente com os franqueados e/ou gestores e a prática é feita na própria unidade franqueada com toda a equipe. Fazemos com que ele entenda a origem do negócio, como nasceu, o objetivo, o trabalho feito com os produtores, eles descobrem o que é café e veem de perto o grão. No técnico aprendem sobre gestão, operação e padrão com um especialista em cafeteria.

Treinamento dura 4 dias e o custo está incluso no valor da franquia.

Mapa das Franquias:Como é feito o acompanhamento no dia a dia da rede? A consultoria de campo acompanha os franqueados? Como é feito esse suporte?

Wilton Bezerra: A gestão e o suporte é feita por uma equipe interna através de sistemas que mostram o raio x completo de cada unidade. E quando necessário, consultoria de Campo.

Mapa das Franquias: Quais os planos de expansão para 2019 e quais as melhores praças para crescer? 

Wilton Bezerra: A ideia é dobrar o número de lojas abertas em 2018.

Mapa das Franquias: Quais os modelos de negócios disponíveis, além de quiosques?

Wilton Bezerra: Além dos quiosques temos as lojas.

Mapa das Franquias: Qual a rentabilidade do investimento na franquia?

Wilton Bezerra: Investimento inicial total: R$ 89 mil

  • Royalties:  R$ 1.000,00 fixos
  • Taxa de publicidade: isento
  • Faturamento médio mensal:  R$ 45 mil
  • Lucro médio mensal: R$ 12.609 mil
  • Prazo de retorno: 11 a 16 meses

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias de Cafeterias , Cheirin Bão