Nanofranquia: a pedida da vez

Publicado em 04/11/2016 por Imprensa

Especialistas explicam pontos positivos e negativos desse modelo de negócios

A ABF – Associação Brasileira de Franchising – divulgou os dados do 2º trimestre. A pesquisa mostra que o setor de franquias manteve o ritmo, registrando crescimento nominal de 8,1% em comparação com o mesmo período de 2015. Além de registrar um índice de expansão de 3,6% em unidades de franquia em relação ao ano de 2015, totalizando 143.866 unidades.


Para quem está abrindo um novo negócio, não saber por onde começar é uma situação um tanto quanto normal. Por isso, umas das opções mais viáveis para novos empreendedores são as franquias por que, além de um setor em constante crescimento, é um modelo de negócio já testado e já solidificado, o que traz maior segurança para quem investe já que o risco de “quebrar” é baixo.


A crise trouxe à tona o desejo por ter o seu próprio negócio e nem todos os brasileiros possuem muito dinheiro para iniciar um empreendimento. Por isso, o modelo de nanofranquia está em alta. Essa modalidade requer um investimento muito baixo e dá ao franqueado um background de experiências e acesso a facilidades que não estariam disponíveis se o empreendedor enfrentasse sozinho essa empreitada.


As nanofranquias possuem um retorno menor se comparada a franquias de alto investimento, mas muitas vezes possibilitam o trabalho home based, barateando custos e diminuindo o estresse do dia a dia. É possível saber exatamente o valor a ser investido e os primeiros passos para sua implantação.


Uma delas é a Estagilize. A rede de franquias é especializada no recrutamento, seleção e encaminhamento de estudantes para vagas de estágio. Com sólida experiência no segmento, em 2015 a Estagilize se transformou na primeira rede de franquias do noroeste paulista e oferece o modelo consultor a partir de R$ 9 mil no qual é possível atuar via home office.


A diferença entre as micro e nanofranquias está no investimento inicial, que das nano franquias é de até R$ 20.000. Essa nomenclatura é nova e após a Estagilize transformar e tornar mais acessível o modelo agente passou a se encaixar neste tipo de negócio.


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias , Microfranquias , Franquias de educação , Estagilize