Maria Brasileira fica em 5º lugar entre as marcas que mais cresceram no setor de limpeza

Publicado em 02/02/2016 por Imprensa

De acordo com dados divulgados hoje pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), a categoria de Lavanderia, Limpeza e Conservação cresceu 3,8% em faturamento e 14% em número de unidades frente a 2014. Inserida neste cenário, a Maria Brasileira – especializada em serviços de limpeza, cuidados e conservação de ambientes domésticos e comerciais – fechou o ano de 2015 com faturamento de R$ 32 milhões e 131 lojas comercializadas, sendo 117 já operando em 83 cidades e 22 estados brasileiros. Atuando fortemente no segmento de microfranquias, a rede ficou em 5º lugar entre as marcas que mais cresceram em número de unidades na categoria limpeza e conservação, segundo a ABF.


Para 2016, a marca estima conquistar o faturamento de R$ 42 milhões e atingir a marca de 220 unidades, registrando presença em todos os estados do país. “Em 2015, podemos dizer que a rede registrou um crescimento de 30% em volume de unidades, considerando que iniciamos o ano com 100 franquias. Além disso, a média de atendimentos com nossas unidades chegou a 20 mil ao mês”, afirma o sócio-diretor da marca, Felipe Buranello.


Ainda de acordo com a entidade que regula o setor, o franchising registrou crescimento de 8,3%, conquistando um faturamento de R$ 139,593 bilhões em 2015, demonstrando resistência frente ao cenário de incerteza econômica do Brasil. Já o número de unidades de franquias, em âmbito nacional, obteve expansão de 10,1% ante o ano de 2014, chegando a 138.343 pontos.


Segundo o balanço, no último ano, o setor de franquias registrou a abertura de 90 mil postos de trabalhos, ao passo que também se mostrou uma oportunidade de investimento para quem resolveu apostar no próprio negócio usando o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e demais valores recebidos com a rescisão.


Assim como a rede Maria Brasileira, a Associação Brasileira de Franchising (ABF), tendo como referência as pesquisas trimestrais de desempenho realizadas e os indicadores econômicos, também mantém projeções otimistas para este ano que se inicia. Segundo a entidade, o segmento deve crescer até 8% em faturamento e até 10% em volume de unidades franqueadas.


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias , Microfranquias , Franquias de limpeza , Maria Brasileira