Lig-Lig inicia operação de franquias em shoppings centers

Publicado em 03/07/2015 por Imprensa

Custo de implantação é menor que o restaurante de rua e oferece mais conforto tanto para os franqueados quanto para os clientes

A Lig-Lig - pioneira em delivery de culinária chinesa adaptada ao paladar brasileiro – acaba de anunciar mais uma formatação aos interessados em se tornar franqueados da rede: lojas para shopping center. Até então, desde que iniciou suas operações, há 23 anos, a rede sempre abriu franquias em ruas.


“É um novo nicho de mercado que queremos atingir. O objetivo é aumentar o número de lojas da rede e expor a marca onde o consumidor está”, detalha Luís Carlos Morales, executivo de expansão da rede. Segundo ele, a meta é chegar, até o final de 2015, a 40 unidades em operação – incluindo ambas as formatações.


O foco dos novos restaurantes Lig-Lig em shopping é atender o cliente na praça de alimentação com o mesmo mix de produtos e o mesmo cardápio dos restaurantes de rua – que servem em delivery e no salão. Nesse caso, explica Morales, só será mantido o serviço de delivery se a logística e a política interna de cada shopping permitir.


O executivo garante que a qualidade também será a mesma dos restaurantes de rua. “As franquias terão cozinha própria para preparar os pratos na hora”, diz.


A Lig-Lig – que recebeu o Selo de Excelência em Franchising 2015 – é a única de seu segmento com capital 100% nacional e está ranqueada como uma das melhores rentabilidades de franquias de fast food do Brasil. “Alguns franqueados da rede chegam a atingir uma lucratividade de 30%”.


Vantagens

A loja Lig-Lig para shopping será bem mais compacta que a operação de rua. São necessários apenas de 40m² a 50 m2 de área e de 8 a 12 funcionários para manter a operação.


Como não há necessidade de investir em salão interno – pois os clientes consomem os produtos na praça de alimentação do shopping – o valor total da franquia fica até um pouco abaixo do valor necessário para abrir uma loja de rua: de R$ 210 mil a R$ 335 mil, mais taxa de franquia - lembrando que o valor do ponto comercial não compõe este investimento.


Aptidão

A Lig-Lig já está negociando com um fraqueado da rede a abertura de sua primeira unidade em um shopping center de São Paulo. “Ele foi escolhido porque já tem uma loja de rua e, anteriormente, já operou uma franquia em shopping. Então, tem o perfil ideal”, avalia Morales.


Para as próximas franquias, os candidatos serão escolhidos por meio de um criterioso processo. Faz parte, por exemplo, o test drive, quando o candidato conhece a operação da franquia na prática, desde a abertura do restaurante até o funcionamento da cozinha, passando pelo atendimento ao público e pelo controle de estoque. É nessa dinâmica que ele pode tirar dúvidas do negócio e da operação, inclusive com a diretoria da rede.


Antes de fechar negócio, a Lig-Lig ainda realiza com o candidato a franqueado um teste de aptidão, para mapear seus pontos fortes e fracos, que serão trabalhados em profundidade durante o treinamento inicial. “Avaliamos diversos aspectos, como gestão de pessoas, foco em metas e resultados e entendimento das necessidades dos clientes. Com isso, sabemos se o candidato tem ou não perfil para o negócio”, conclui o executivo.


Em Pauta


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias, Franquias de alimentação , Franquias em shoppings, Lig-Lig, Franquias de fast-food