Kumon apresenta modelo de negócio na FRANCHISE4U, em São Paulo

Publicado em 04/02/2019 por Imprensa

Empresa japonesa ocupa o 7º lugar no ranking de maiores redes de franquias no Brasil, está presente em 51 países e conta com mais de 4 milhões de alunos

O Kumon, maior franquia educacional do país, é presença confirmada na FRANCHISE4U São Paulo, que será realizada no dia 14 de fevereiro. A marca apresentará o modelo de negócio que possui mais de 1500 empreendedores no Brasil e, na ocasião, uma equipe de atendimento do Kumon estará à disposição para conversar com os visitantes que têm interesse em entender o funcionamento e propósito da microfranquia, referência mundial em educação.

“Participamos deste evento deste 2018. As pessoas entendem o atual momento do Brasil como oportunidade para um novo negócio, mas nem sempre sabem como podem entrar no mundo das franquias e têm dúvidas se também conseguem empreender. Na FRANCHISE4U, o visitante pode esclarecer todas as dúvidas, entender melhor o fluxo de uma franquia, ter acesso às projeções, investimentos e faturamento e, quem sabe, tornar-se um franqueado futuramente”, explica Caliane Novato, gerente de expansão.

São Paulo

A praça é estratégica para o Kumon e existem oportunidades para quem pretende investir uma franquia consolidada, e que opera há mais de 40 anos no país. São mais de 35 pontos na capital, e mais de cinco na região do ABC. O Kumon ocupa o 7º lugar no ranking de maiores redes de franquias no Brasil¹ e foi eleita a melhor microfranquia do país², está presente em 51 países e conta com mais de 4 milhões de alunos pelo mundo. “São Paulo é uma das principais capitais para o Kumon e apresenta potencial gigante para captação de novos alunos. Com um investimento inicial, que pode variar de R$ 35 mil a R$ 65 mil, e com tempo médio para retorno do investimento entre 18 e 24 meses, é possível se tornar um franqueado da marca”, completa Caliane.  

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Kumon , Franquias de educação