Intercâmbio: franquia de sucesso aposta em autonomia

Publicado em 26/04/2018 por Luiz Marcondes

World Study fatura milhões com rede de intercâmbio após começo “fora da curva”

A World Study surgiu em 1993 e hoje, após 27 anos, possui mais de 40 unidades espalhadas pelo Brasil, e fatura, em média, 65 milhões por ano.

Mas o começo do empreendimento não foi nada fácil para Marcelo Cansini. Em meados de 1990, o fundador da World Study resolveu apostar em um curso de reflexologia para conseguir uma renda extra no final do mês. Com o diploma, ele começou fazer massagens em pés e mãos para conseguir construir seu sonho.

O fundador sempre apostou em um modelo inovador para gerenciar suas franquias. Hoje, na World Study, cada franqueado é responsável pelo seu negócio.

Isso significa que pode ter suas ações de marketing, seus fornecedores próprios e fazer todas as negociações de seu próprio escritório, sem a necessidade de repassar à franqueadora. O procedimento promete ganhos maiores aos franqueados.  

Atualmente, a World Study tem dois escritórios na Austrália, um na Irlanda e um nos Estados Unidos. A rede oferece cursos para estudantes desde os voltados para adolescentes até  o MBA. E ainda conta com um projeto exclusivo em parceria com o governo canadense, o TRUE Canadá.

Confira nossa conversa com Marcelo Cansini, fundador da World Study.

Mapa das Franquias: Como foi o começo da marca e qual a conexão da reflexologia com a World Study?

Marcelo Cansini: A reflexologia foi uma ponte para que o sonho da World Study acontecesse. Em meados de 1990, resolvi apostar em um curso de reflexologia para conseguir uma renda extra no final do mês. Com o diploma, comecei a fazer massagens em pés e mãos para conseguir construir o sonho de ter uma rede de intercâmbio.

Eu fazia massagens para ajudar no orçamento. Não tinha dinheiro e não tinha ninguém para me ajudar. Eu que era o responsável por limpar a agência e pelo atendimento. Lembro que tinha uma moça que trabalhava no banco e me ajudava com os materiais de escritório. Foi tudo muito difícil.

Mapa das Franquias: Como é a atuação da World Study nos escritórios fora do Brasil? Qual seu foco?

Marcelo Cansini: Depende do país: de acordo com a demanda, fazemos nossa estratégia e focamos nossa atuação. Temos modelos de agências, que funcionam normalmente com as negociações das viagens, e também temos bases com diversos serviços realizados por equipes que falam português.

Nessas bases, os alunos podem acessar internet gratuitamente e tem auxílio da equipe na organização de passeios, viagens e programas culturais.

Mapa das Franquias: Qual é o perfil de um franqueado e como ele é treinado?

Marcelo Cansini: Ele é treinado para ser independente. A World Study dá liberdade total para que os próprios franqueados toquem a rotina de suas unidades, dando espaço para que o empreendedor seja criativo. Tivemos de abrir mão de padronizações, mas acreditamos que isso traz melhores resultados para os alunos e também conquistamos franqueados mais satisfeitos.

Mapa das Franquias: Como é o modelo World Study de gerenciamento e por que ele dá mais autonomia ao franqueado? Existe alguma vantagem financeira para ele ou só mais trabalho?

Ganhos diferenciados e coaching para alunos

Marcelo Cansini: O franqueado ganha quase o dobro do que ganha um franqueado no mercado. Essa liberdade faz com que o próprio franqueado crie suas estratégias e foque em ser melhor do que o concorrente. Toda essa motivação cria uma vantagem competitiva, e consequentemente, aumenta o faturamento desse empreendedor.

Mapa das Franquias: Que benefícios o método World Study oferece aos seus alunos? Qual seu grande diferencial?

Marcelo Cansini: Oferecemos serviços de coaching, criando para nossos alunos, além do preparo emocional, ferramentas que podem ser utilizadas para amenizar os desafios. Temos um Departamento de Preparação e Suporte (DEPS), em que psicólogos estão disponíveis para deixar o aluno mais seguro para o seu intercâmbio. Além disso, também oferecemos consultoria na escolha do melhor país, cidade e programa, levando em consideração o perfil e objetivo do aluno.

Mapa das Franquias: Quais os planos para 2018? Dá para crescer dentro e fora do Brasil? Qual a estratégia?

Marcelo Cansini: Para expansão internacional, queremos focar no mercado europeu, em 2018 e 2019. Já no Brasil, nosso foco está na região norte e nordeste do país e interior de São Paulo.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Expansão de franquias , Internacionalização de franquias , Franquias , Franqueados , Franquia de intercâmbio , World Study