Hashtec identifica que grande parte dos reparos é devido a falta de atualização do software.

Publicado em 07/02/2019 por Imprensa

Falta de atualização de software pode travar o smartphone e acarretar outros problemas

A maioria dos usuários de smartphones já passaram por situações em que o aparelho estava lento, travando e com falha ao abrir aplicativos. Este é o momento em que bate o desespero e a preocupação em ter que comprar um novo celular, mas, nem sempre é necessário fazer a troca do aparelho.

“Nos últimos dois meses, 30% dos aparelhos que chegaram para reparos em nosso laboratório, foi por falta de atualização de softwares. O smartphone começa a apresentar problemas e o usuário nos envia para conserto pensando que está quebrado, quando na verdade é mais simples do que ele imagina”, conta Pablo Linhares, sócio-fundador da Hashtec e Grupo PLL.

Rodrigo Bonacorso, gerente de laboratório da Hashtec, rede de microfranquias especializada em reparos rápidos de celulares, conta que atualização de softwares é fundamental para manter o sistema operacional do smartphone em bom funcionamento.

“É indispensável atualização do software, pois a cada nova versão do Android ou iOS garante melhorias e correções de possíveis falhas e bugs no sistema”, explica Rodrigo. Aplicativos em excesso e abertos em segundo plano também causam lentidão no celular e consomem a bateria rapidamente, por isso é importante encerrar completamente o app após o uso e, sempre que possível, fazer atualização do mesmo.

Ainda segundo o gerente de laboratório da Hashtec, é fácil e qualquer um pode ativar a atualização de software e manutenção do aparelho através das configurações sem risco de apagar os arquivos pessoais como mídias e contatos. Se necessário, pode ser feito a restauração de software: “Na Hashtec nós reinstalamos o software original através de ferramentas próprias fazendo com que o celular funcione perfeitamente. Nesse caso, com a autorização do proprietário do aparelho, é preciso fazer o backup dos dados, fotos e músicas para que nada seja perdido”, alerta Bonacorso. 

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias de serviços , hashtec