Freewet estreia no franchising brasileiro com novas ideias e negócio inovador

Publicado em 06/07/2015 por Imprensa

A rede Freewet é exemplo de empresa que está movimentando o mercado brasileiro de franchising

Quem também deu os primeiros passos rumo ao empreendedorismo aos 16 anos foi Marcos Soares, de 39 anos, sócio-fundador da Freewet, rede de lavagem de carros totalmente a seco – que não utiliza nenhuma gota de água nem mesmo na diluição do produto que faz a limpeza. Naquela ocasião, seu primeiro negócio foi uma loja de esportes. Em seguida, atuou por cinco anos em uma multinacional automotiva, onde teve a oportunidade de passar por alguns cargos de gerência, e, após um período fora do Brasil, começou a investir, aos 30 anos de idade, em projetos com potencial de ajudar pessoas. Nesta lista estiveram empresas de treinamento, consultorias, plano de saúde e até cartões de benefícios.


Foi em 2011 que nasceu a Freewet e, três anos depois, o negócio evolui para o modelo de franchising. “Eu tinha a bagagem adquirida em anos de Europa, onde fiz um trabalho muito legal com limpeza a seco, e meu sócio já tinha uma indústria química. Como nossos valores estavam alinhados, optamos por esta empreitada”, conta Soares, que é formado em Engenharia de Produção Mecânica e fez Marketing e Gestão na ESADE Business & Law School, em Barcelona.


Hoje, são 112 franquias em operação e 65 em preparação na fase de contratos e treinamentos. Para o executivo, a maior vantagem em ser um franqueador é a rápida expansão da empresa a baixo custo. “No sistema de franquias, são os franqueados que arcam com as despesas da montagem e instalação de seus negócios. Sendo assim, o retorno é rápido e elevado. Outra vantagem é poder consolidar a marca da empresa no território nacional”, ressalta o empresário.


De acordo com Soares, o crescimento da rede tem sido contínuo e o ano de 2014 foi muito positivo para a empresa. E a maior conscientização sobre a importância de economizar água está favorecendo o desempenho da Freewet. “Há três anos, apareciam no máximo três candidatos por mês e, atualmente, recebemos pelo menos 30 interessados por dia”, revela. “Para 2015, o nosso cenário será de crescimento exponencial, porque temos muitas parcerias que entrarão em operação.”


A Freewet tem como filosofia não cobrar taxa de franquia e de publicidade. Também concede 60 dias de carência para que a franquia comece a pagar os royalties. Seus produtos são todos biodegradáveis e registrados na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e, além disso, a empresa possui uma cultura de crescimento interno. O atual gerente de treinamentos, por exemplo, foi o primeiro franqueado da rede.


Em Pauta


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito

Palavras-chaves: Franquias, Franquias de limpeza, Franquias de serviços automotivos, Jovens empreendedores, FreeWet