Franquias para quem quer trabalhar com crianças

Publicado em 19/05/2016 por Imprensa

Com opções de investimento de R$ 35 mil a R$ 330 mil, The Kids Club e Pequenos Moleques são marcas estruturadas, indicadas para quem aposta no pequeno consumidor

Você sabia que 38% da população brasileira tem menos de 14 anos? Pois é, são tantas crianças no Brasil que os segmentos empresariais voltados ao público infantil crescem 14% ao ano e movimentam R$ 50 bilhões.


Com a criança cada vez mais exigente, esperta e antenada a tudo o que acontece ao seu redor, quem presta serviços especializados e de qualidade ganha não só sua simpatia, mas também sua fidelidade – e isso se traduz em rendimentos, já que os pais tendem a fazer de tudo pela alegria dos filhos.


Se a opção for investir em uma franquia especializada no público infantil, existem duas boas marcas, cujos investimentos também agradam quem dispõe de valores mais baixos ou altos.


Conheça as marcas The Kids Club e Pequenos Moleques:


The Kids Club: uma franquia de baixo investimento, que não exige trabalho nos finais de semana e com horário flexível


O The Kids Club está no Brasil desde 1994, oferecendo ensino de inglês para crianças a partir dos dois anos.A rede tem quase 100 unidades no país e um investimento inicial a partir de R$ 35 mil.


O franqueado da The Kids Club pode optar por duas formatações distintas: sede própria ou home-based – neste caso, ele ministrará aulas por meio de parcerias com escolas, condomínios e outras instituições. “Ambos os modelos são rentáveis e têm um investimento inicial acessível”, diz Sylvia de Moraes Barros, a franqueadora que coleciona mais de 10 Selos de Excelência concedidos pela Associação Brasileira de Franchising – uma prova de que seus franqueados têm alto grau de satisfação com o negócio.


As vantagens do franqueado, no entanto, vão além da força de uma rede mundial, com mais de 20 anos de Brasil, rentável e com bom valor de investimento inicial. “Nosso método de ensino é bastante especial. As crianças aprendem brincando”, reforça Sylvia. “Jogos, músicas, contação de histórias e outras atividades são o caminho para que os pequenos aprendam de forma natural e prazerosa”, explica.


Há a possibilidade de se abrir franquias em todo o Brasil. Dentre as vantagens, também estão o fato de o franqueado não trabalhar nos finais de semana e poder optar por horários flexíveis. “Por isso, temos muitas mães na nossa rede, já que elas podem dedicar-se aos filhos nos horários em que eles mais precisam”, finaliza a franqueadora.


Pequenos Moleques: diversão à moda antiga, festas e tranquilidade para os pais


Outra opção interessantíssima para quem quer trabalhar com crianças é a Pequenos Moleques.


Lançada neste ano, a franquia Pequenos Moleques tem uma proposta inovadora, que está atraindo candidatos ao empreendimento: trata-se de um espaço lúdico instalado em shoppings, no qual as crianças brincam e desenvolvem atividades educativas com ou sem a presença de adultos. “Esqueça-se do cantinho no qual a criança é deixada pelos pais e fica apenas desenhando, entediada. Aqui, ela realmente tem atividades prazerosas para realizar, com foco nas brincadeiras antigas tradicionais, monitoradas por pessoal treinado e muito bem disposto”, explica Ana Cecília Santos Leal, que criou o primeiro espaço Pequenos Moleques há alguns anos, no Recife (PE).


A possibilidade de a Pequenos Moleques se tornar franquia veio neste ano, após a formatação especializada das profissionais de franchising Ana Paula Mantovam e Cristiane de Paula. As sócias reproduziram espaços com a mesma magia das unidades piloto e flagship, com investimento a partir de R$ 330 mil e uma área mínima de 60m2, formato adequado à realidade dos shoppings que têm espaços menores e a mesma receptividade ao negócio.


Com essa nova modalidade de franquia, a Pequenos Moleques pretende chegar a todo o Estado de São Paulo e também às demais capitais brasileiras nos próximos anos.


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias , Franquias de baixo investimento , Franquias para público infantil , The Kids Club , Pequenos Moleques