Franquia é opção para profissional da área de odontologia ter negócio próprio

Publicado em 22/10/2015 por Imprensa

Empreendedorismo hoje pode ser aplicado em diversas profissões e em odontologia isso não é diferente. Cada vez mais presente no país, as franquias se tornaram ao longo dos anos uma opção para os profissionais que buscam abrir uma clínica. Apesar de um momento critico na economia, o mercado brasileiro de franquias se mantem aquecido. Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), no primeiro semestre de 2015 o crescimento foi de 11,3%. O segmento de saúde foi o que mais cresceu, com 24%.


Na GOU Franquias, rede especializada em tratamento ortodôntico e clareamento dental, 45% das franquias está na mão de profissionais de odontologia. Segundo Bruno Magalhães, diretor de operações da rede, por ser um negócio já testado e formatado, a franquia se torna uma boa opção. "Se o profissional escolhe uma franquia já consolidada o processo de conquista de clientes tende a acontecer de forma mais rápida. Além de uma franquia oferecer o know-how de administração de um negócio que em geral não se aprende na universidade”.


Para quem deseja empreender e não tem experiência na área de negócios, a rede GOU oferece todo o suporte necessário para a abertura da franquia, desde a escolha do ponto, suporte para treinamentos, além de selecionar a primeira equipe de profissionais que irá atuar no estabelecimento, o que é de suma importância, tido que muitas vezes os franqueados não possuem nenhuma experiência na área.


Com cinco anos no mercado de franchising, a rede possui 68 franquias em funcionamento e chega a 123 com contratos fechados. Para este ano a expectativa é fechar com faturamento de R$ 50 milhões, ante R$ 32 milhões no ano passado.


O faturamento médio mensal da rede é de R$ 65 mil. São quatro modelos de negócio para quem está pensando em investir: para cidades até 20 mil habitantes com investimento inicial a partir de R$ 120 mil; para cidades até 50 mil habitantes com investimento inicial a partir de R$ 220mil; para cidades até 100 mil habitantes, investimento inicial a partir de R$ 260 mil. Acima de 200 mil habitantes com investimento inicial a partir de R$ 300 mil.


Bruno Magalhães é diretor de operações da GOU Franquias. Graduado em Relações Internacionais pela FAAP e com pós-graduação em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas, o executivo possui mais de dez anos de experiência em franchising e varejo.


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Investir em franquias , Empreender , Franquias , Franquias de odontologia , Gou Franchising , Empreendedorismo