Em mudança de carreira, duas amigas investem e acertam com empresa milionária de Coworking

Publicado em 01/11/2016 por Imprensa

A Office&Co., que foi fundada em 2012, está ingressando no franchising e se destaca no setor

Renata Leal da Costa tinha apenas 18 anos quando começou a dar aula de inglês. Ela havia acabado de voltar dos Estados Unidos, onde morou por três anos para acompanhar sua família. Depois de se formar em análise de sistemas, ela abriu a própria empresa: uma gráfica para pequena tiragem, onde esteve a frente por 10 anos até ser vendida.


Luciana Dleizer se formou em fonoaudiologia e teve seu próprio consultório, onde trabalhou até ser assaltada e perder tudo. Por conta do incidente, ela acabou desanimando da profissão e foi para o ramo do jornalismo, em que atuou como produtora de moda e beleza para as editoras Globo e Abril por 14 anos.


As duas foram vizinhas e, quando se conheceram, não sabiam que a veia empreendedora presente em ambas iria juntá-las em um empreendimento que contempla grande futuro no Brasil.


Luciana trabalhou no setor comercial do buffet de sua irmã por sete anos, o que lhe deu bagagem e conhecimento de negócios para conseguir ter a sua própria empresa mais tarde. Renata passou por multinacionais na parte administrativa e marketing, além de ter cursado um MBA na Insper voltado a negócios. Com a experiência adquirida por ambas, e vendo a necessidade de um modo diferente de trabalhar, Renata fundou a empresa e Luciana veio para se tornar sócia um ano depois.


A Office&Co. nasceu em 2012 como uma empresa de co-working premium, que engloba serviços all inclusive, por exemplo: quatro salas de reunião com uso ilimitado, internet, atendimento telefônico personalizado e serviço de copa. Todo o pacote é incluído na mensalidade fixa. Hoje, a empresa está faturando mais de R$ 1,5 milhão ao ano.


A ideia veio de Renata quando, aos 40 anos de idade, constatou que o Brasil carecia de empresas que disponibilizam escritórios compartilhados completos e que não fossem informais. “Foi uma mudança pessoal e eu quis criar um co-working em que eu gostaria de trabalhar”, comenta.


Um dos diferenciais da Office&Co. é que as próprias sócias administram o escritório. É a Renata e a Luciana que atendem seus clientes, clientes de seus clientes, e fazem toda a rotina administrativa, comercial e financeira da empresa. “É esse perfil de franqueado que buscamos”, explica Luciana.


Esse setor vem crescendo e abrindo espaço para empreendedores. De acordo com dados da Coworking Brasil, o número de escritórios compartilhados no país cresceu em cinco anos de 11 para 240.


Para quem se interessa em se tornar um franqueado, o investimento inicial é de R$ 400 mil a R$ 700 mil. O prazo de retorno varia entre 18 e 36 meses.


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias de serviços , Franquias , Office&Co