Custo fixo baixo é determinante para manter a lucratividade da franquia Amiste Café

Publicado em 17/11/2015 por Imprensa

Franqueado atende empresas e, normalmente, é ele que vai até os clientes

A Amiste Café – franqueadora na área de locação de vending machines, com foco especial nas máquinas de café expresso e outras bebidas quentes – lista uma série de diferenciais que tornam esta jovem franquia atraente para investidores em busca de negócios lucrativos. Um deles – e talvez o mais importante – é o fato da operação ter um custo fixo baixo.


O franqueador Eduardo Vicente explica: “Nosso negócio não necessita de um ponto comercial em localizações nobres, com visibilidade. E normalmente, pontos assim são muito caros”. Como atende somente empresas, a franqueadora solicita ao franqueado um espaço para montar um show room, o escritório e a oficina de manutenção que não precisa estar em shoppings ou ruas comerciais. “Normalmente, nós é que vamos até o cliente”, completa


Os valores do ponto comercial impactam de forma expressiva no custo fixo de uma franquia. Na maioria dos casos, ele é determinante para o sucesso da operação, daí sua importância. Mas este não é o caso da Amiste. “Nesta época de retração da economia, estamos comprovando, na prática, como é importante não ter um custo alto com o ponto. Ajuda a manter a operação equilibrada”, ilustra Vicente.


A Amiste Café tem quatro lojas próprias localizadas em Londrina (PR), Maringá (PR), Campo Grande (MS) e Belo Horizonte (MG), além de uma franquia em Curitiba (PR). Todas apresentam crescimento mês a mês e atingem uma lucratividade que chega a 25%. No ano passado, a rede faturou R$ 3,4 milhões e a ideia é crescer 30% em 2015.


Outros atrativos - A Amiste Café também não exige que se trabalhe finais de semana. “Muitas pessoas deixam de abrir uma franquia porque querem ter o final de semana livre. E quase todas as operações exigem isto”, pondera o franqueador. “Se surgir um problema nas máquinas num sábado ou domingo, basta o franqueado ter um técnico que fique de plantão e seja facilmente localizado para realizar os reparos - algo que acontece com baixa frequência.”


Atuar no segmento de locação de máquinas de café e bebidas quentes é algo pouco explorado nas cidades fora do eixo RJ-SP e muito promissor. “Mais de 60% das vending machines são do segmento em que atuamos, o Office Coffee Services. Elas movimentaram R$ 1 bilhão no ano passado e a perspectiva para 2015 é que este faturamento seja 12% maior. Oferecemos máquinas de diversos portes, para diferentes necessidades, e o locatário pode escolher se deseja cobrar ou não as bebidas de seus clientes finais”, explica o franqueador.


Além do valor da locação, o franqueado também ganha com a venda de insumos – café, chocolate e outras bebidas – todos de marca própria. E precisa prestar suporte técnico caso surja algum problema com as máquinas locadas ou mesmo se surgir a necessidade de regulagem. “A franqueadora treina o franqueado nesta parte técnica e oferece um suporte constante”, completa Vicente.


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias , Máquinas de autoatendimento , Franquias de máquinas de autoatendimento , Amiste Café