5 cuidados fundamentais antes de comprar uma franquia

Publicado em 09/03/2016 por Rosana Fernandes

Investir em uma franquia é dar um passo muito grande em um projeto pessoal e profissional e apesar da maior segurança e estabilidade deste modelo de negócio em comparação com a abertura de um negócio próprio completamente do zero, é preciso ter alguns cuidados para não cair em ciladas.


Há questões e cuidados fundamentais que devem ser tomados e esclarecidos, logo na fase inicial da conversa, para que as demais etapas de abertura do negócio ocorram sem maiores atritos ou dificuldades.


Se você está interessado neste mercado e não sabe por onde começar, confira a sequência de 7 recomendações especiais que indicamos, para se tornar um franqueado seguro e bem sucedido.


1. Consulte franqueados atuais e ex-franqueados
Ao encontrar um modelo de franquia que lhe agrade e com o qual se identifique muito, aproveite para conhecer de perto a rotina do negócio. Visite o máximo de unidades que puder, ou no mínimo 3, converse com os proprietários, gerentes e funcionários.
Também solicite ao franqueador a relação de unidades que foram fechadas e o contato com os ex-franqueados para entender deles o que não deu certo, para compreender possíveis dificuldades do negócio e pontos de melhoria.


2. Avalie os números e dados fornecidos pela franqueadora
Aproveite todos os dados de mercado fornecidos pela franqueadora, mas não se limite a eles. Confira informações em pesquisas de mercado junto à instituições confiáveis e analise cuidadosamente o potencial do negócio. Boas opções são órgãos governamentais e de classe.


3.Participe de processos seletivos diferentes
Não se limite a apenas uma franquia, conheça outros modelos, sempre do mesmo segmento e ramo, para não dificultar sua compreensão. Assim, será mais fácil estabelecer parâmetros comparativos e ter certeza de que modelo de negócio é o melhor para você.
Como o compromisso definitivo só será firmado após a assinatura dos contratos, antes disto, conhecer o andamento dos demais processos pode ajudar muito na escolha segura de um negócio.


4. Atenção aos acordos verbais
Mesmo mantendo uma boa relação e comunicação com o franqueador, tome cuidado com acordos firmados apenas verbalmente, pois podem se tornar uma grande dor de cabeça no futuro.
O ideal é esclarecer todas as questões antes da assinatura do contrato, para que a formulação do texto final compreenda todos os termos e acordos tratados, pois no fim das contas, só vale o que constar em contrato e não adiantará nada buscar na justiça promessas e acordos que não tenham sido assinados por ambas as partes.


5. Não tenha pressa para analisar a COF
A Circular de Oferta da Franquia é um documento fundamental, previsto na lei da franquia, que deve ser entregue antes mesmo da assinatura do contrato final de aquisição. Por lei, é previsto o prazo de análise mínimo de 10 dias, por isto, não tenha pressa.
Leia-o mais de uma vez, se for preciso, marque pontos que apresentarem dúvidas, consulte um advogado e opinião de terceiros como sócios e pessoas diretamente ligadas ao negócio antes de assinar.


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Investir em franquias , Franquias , Dicas para investir em franquias , Lei de franquias , COF , Jurídico